Views
1 year ago

Livro 30 anos APDC

  • Text
  • Pedro
  • Grande
  • Portugal
  • Momentos
  • Presidente
  • Setor
  • Vogal
  • Livro
  • Anos
  • Apdc
30 anos APDC

Rodrigo Costa Spin off

Rodrigo Costa Spin off da PT Multimédia EFEITO NADA SECUNDÁRIO 2007 set. No rescaldo da OPA, efetivou-se o prometido spin off da PT Multimédia. Rodrigo Costa foi o protagonista escolhido para liderar esse processo. A tomada de posse deu-se a 21 de setembro de 2007, sexta-feira que não esquece. “Nessa mesma tarde, demitiram-se praticamente 60% dos gestores da empresa! Durante o fim-de-semana chamámos colegas nossos que estavam na PT e todos aceitaram. Foram momentos muito tensos e muito difíceis. Ficar sem todas aquelas pessoas foi um problema sério, mas felizmente correu bem. O que parecia um pesadelo, provavelmente até foi benéfico, porque formámos uma equipa nova, muito motivada”. No final do ano criava-se a marca ZON. “O nome foi logo a hipótese que gostámos mais. Fica no ouvido, agradou-nos pela diferença fonética que sugeria e tinha a particularidade de ler-se de trás para a frente e de frente para trás”, recorda Rodrigo Costa. E ressalva uma curiosidade: “Tem a sua piada pois a equipa que fez a ZON foi a mesma que tinha feito o MEO em maio de 2007!”. Um caminho de boas memórias e sucesso reconhecido. “Temos grande orgulho no trabalho que foi feito, assim como no que é realizado hoje pela NOS. Conseguimos sobreviver, valorizarmo-nos e ganhámos imensos prémios internacionais. A empresa fez a diferença e criou uma alternativa”. E tudo começou porque houve a OPA… “Foi um efeito secundário importantíssimo da OPA porque, de facto, o país precisava de mais concorrência, de alternativa. A pressão competitiva acabou por tornar melhores todos os jogadores do mercado e atualmente os serviços de telecomunicações portugueses são tão bons como os melhores”. 64 | 30 anos, 30 momentos extraordinários APDC Livro 30anos_MIOLO.indd 64 13/11/15 18:54

O lançamento da ZON foi um facto extraordinário... “… porque todos perceberam que algo tinha mudado. Ninguém ficou indiferente. A ZON foi responsável por um novo espírito e uma nova atitude no mercado. De transparência, agilidade e inovação. Ao fim de um ano, era já um líder incontestado na vertente de triple play em Portugal, demonstrando que a estratégia delineada foi claramente uma aposta ganha. No centro do nosso sucesso operacional estava uma rede tecnologicamente superior. O mundo ZON ganhou novas dimensões, tornou-se maior, infinitamente maior, mas também mais próximo. Televisão, Internet de Banda Larga e serviços de Voz. Alta Definição em toda a casa, Gravador, Videoclube e Velocidades vertiginosas. Provámos que o entretenimento está ao alcance de todos. Esses anos iniciais serão sempre recordados como cheios de desafios e foram muito gratificantes, sobretudo pela equipa que conseguimos formar. Uma equipa unida, motivada, ágil, atrativa e capaz de fazer a magia acontecer”. Rodrigo Costa, à data CEO da ZON Efeito Nada Secundário | 65 APDC Livro 30anos_MIOLO.indd 65 13/11/15 18:54

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt