Views
1 year ago

Directório Global das TIC | Empresas e Profissionais | 2016/2017

  • Text
  • Atividades
  • Software
  • Lisboa
  • Disponibilizadas
  • Equipamento
  • Computing
  • Digital
  • Portugal
  • Marketing
  • Empresas

12 | Opinião diretório

12 | Opinião diretório global das tic | 13 Fases Ad Hoc Digital Register Opportunistic Digital Explorer Repeatable Digital Player Managed Digital Transformer Optimized Digital Disrupter Transformação Digital As iniciativas de DX são táticas e desligadas da estratégia empresarial. As iniciativas de DX são iniciadas ao nível da função ou de ramo de atividade, com algumas ligações à estratégia da empresa. As iniciativas de DX estão ligadas à estratégia da empresa, mas com um foco a curto prazo. A inovação de DX integrada e contínua, abrangendo toda a empresa, está integrada com as experiências operacionais e de serviço ao cliente. A estratégia da empresa é usar a DX para transformar mercados e clientes, criando novos modelos de negócio e novas experiências de produto/serviço. Leadership DX A liderança está cética e não tem visão em relação à DX. Há resistência na mudança de cultura. Existem tentativas cautelosas de inovação de DX, com visão fragmentada. São autorizados projetos experimentais de DX mas com alcance limitado. A visão e objetivo da DX é manter a paridade. O objetivo hierárquico é transformar a cultura para adotar as metas de DX. Liderança de DX da indústria - cultura e organização espelham a evolução contínua da visão de DX. DX visionária e inovadora - o entendimento do ecossistema conduz a visão, objetivos e projetos organizacionais. Omni-Experience DX WorkSource DX Operation Model DX Information DX O desempenho da experiência produto/serviço ignora as necessidades e oportunidades do ecossistema. O foco do marketing é unidirecional. A visibilidade das necessidades dos talentos de DX é limitada. O tempo de ocupação de vaga - é lento; o custo de contratação é alto. Existem ilhas individuais de produtividade de DX. O desempenho produto-serviço não é possibilitado pelas capacidades de DX. TI e tecnologia operacional (TO) não estão coordenadas. A informação é isolada e o valor não é potencializado. A qualidade dos dados e questões de integração restringem a utilização a domínios limitados. O desempenho da experiência de cliente é reativa. O marketing multidirecional é feito caso a caso. Existem poucas capacidades de DX que abrangem toda a empresa. Fonte de DX interna com poucas competências externas. Dados de operações produto-serviço são adquiridos para uso local apenas. Coordenação de operações padrão e de DX é baseada em projetos. O valor da informação é definido insatisfatoriamente. O armazenamento de dados estruturados fornece uma análise básica. A segurança é avaliada. Desempenho participativo de produtos/ serviços/experiências multidimensionais. Consciência do impacto do ecossistema no marketing ao nível empresarial. Existe uma aceitação generalizada das fontes externas de DX, incluindo a cooperação entre equipas internas e externas de DX. Emergem plataformas comuns de operações de DX. Arquitetura e padrões são estabelecidos para implementar melhores práticas de DX. A informação é gerida como um bem e é estabelecido um valor de DX intrínseco. A informação inclui fontes internas/externas e todos os formatos de dados. A segurança é crucial. Tabela I – Caracterização das dimensões e etapas do IDC Digital Transformation MaturityScape Fonte: IDC, 2015 Desempenho automático de experiências digitais de alta qualidade. Desempenho de marketing sinergético integrado ao longo de toda a rede do ecossistema. A organização está focada na execução e mudança rápida da DX. Integração de talento end-to-end para iniciativas de DX. Operações produtoserviço impulsionam novas opções de receita. TI e TO convergem através do gabinete de programa. A informação oferece vantagens competitivas de DX. As plataformas de informação abrangentes incluem social, móvel e IoT com vantagens analíticas. A experiência de desempenho auto melhorada inova o comportamento do ecossistema. As inovações de sucesso no uso da DX irão transformar o marketing. A cultura organizacional emprega fontes oriundas de qualquer parte em qualquer altura para a DX. As equipas organizam-se autonomamente para atingir resultados. Operações de DX são integradas como plataforma principal para o crescimento. O grupo de operações digitais coordena as operações de DX. A informação é o diferenciador de DX de maior valor. A força competitiva e fluxos de receitas significativos derivam da gestão de informação em tempo real. Cada nível acrescenta capacidades ao nível anterior. A IDC acredita que a maioria das grandes empresas se enquadra nos três níveis do meio (Opportunistic – Digital Explorer, Repeatable – Digital Player ou Managed – Digital Transformer) e que, além disso, poucas empresas podem atingir um estado otimizado de transformação digital. Isso acontece, em parte, porque a tecnologia de ponta da DX é um alvo em movimento. O que pode ser considerado otimizado este ano será alterado no futuro, à medida que as tecnologias (e a sua utilização) se tornam mais sofisticadas e transformativas. Porquê estar atento ao padrão otimizado de DX? Porque a IDC acredita que é aí que os visionários, inovadores, startups, experimentadores e futuras inovações empresariais residem. Ao identificar como (e quais) empresas empregam a DX para inovar a indústria e reinventar os modelos de negócio, as organizações bem estabelecidas conseguem antecipar as mudanças que chegam às suas próprias indústrias a tempo de responder e prosperar na próxima era de Transformação Digital. A IDC acredita que a maioria das empresas se encontram nas fases oportunista e Repetitiva da transformação digital, embora com algumas variações nos seus pontos fortes e fracos ao longo das cinco disciplinas. Devido às sinergias entre as disciplinas, é importante que os líderes adotem uma abordagem planeada para progredir na escala de maturidade, garantindo que as iniciativas e investimentos resultem num valor maximizado e produzam resultados consistentes para funcionários, clientes, parceiros e ecossistemas. Também é importante notar que à medida que as tecnologias e ecossistemas empresariais continuam a deparar-se com um crescente nível de mudança, as organizações terão de transformar-se ainda mais depressa, de modo a manter-se na mesma etapa, para não falar na progressão para as etapas sucessivas. Leadership DX Este conjunto de disciplinas permite às empresas desenvolverem a visão para a transformação digital de produtos, serviços e experiências, que são otimizados para oferecer mais valor aos parceiros, clientes e funcionários. A Leadership DX requer que os líderes se tornem mais sofisticados no seu conhecimento do ecossistema da empresa, incluindo a acessibilidade digital dos mercados, clientes e fornecedores de serviços, de forma a antecipar e desenvolver inovações operacionais e de produto que alarguem a quota de mercado e aumentem a receita, criando experiências digitais partilhadas que servem as necessidades dos clientes e parceiros móveis, socialmente ligados e digitalmente transformados. Também requer capacidade de comunicação e de estabelecer essa visão na organização, para envolver funcionários, clientes e parceiros na sua execução. Omni-Experience DX Esta dimensão descreve uma abordagem ao ecossistema omnipresente e multidimensional para amplificar a excelência da experiência dos produtos e (ou) serviços em continuidade. A Ominiexperiência inclui a infinita combinação de experiências interativas entre negócios digitalmente facilitados e os seus clientes, parceiros e funcionários, e as coisas que estão a transformar a forma como as pessoas comunicam entre si e com os produtos e serviços comerciais que são cada vez mais criados para satisfazer uma procura individualizada e única. WorkSource DX Esta dimensão abrange a evolução da forma como as empresas irão atingir os objetivos de negócio através da contratação, implementação e integração de recursos internos (funcionários a tempo inteiro e a tempo parcial) e externos (contratos,

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt