Views
1 year ago

Directório Global das TIC | Empresas e Profissionais | 2015/2016

  • Text
  • Global
  • Diretorio
  • Empresas
  • Digital
  • Mobile
  • Portugal
  • Computing
  • Disponibilizadas
  • Lisboa
  • Equipamento
  • Software
  • Atividades

8 | Opinião diretório

8 | Opinião diretório global das tic | 9 Em 2020 os Novos Aceleradores de Inovação Serão Críticos para a Competitividade das Organizações Gabriel Coimbra Country Manager, IDC Portugal A 3ª Plataforma de Inovação de TI — suportada pelas tecnologias móveis, aplicações sociais, soluções de big data e analítica de negócio e pelos serviços de cloud computing tem sido o motor do crescimento e da inovação da indústria de TI nos últimos cinco anos, e está a alterar significativamente o modo como as organizações de todos os setores não só disponibilizam serviços de TI, mas principalmente como se relacionam com clientes, parceiros, colaboradores e desenvolvem nos produtos, serviços e modelos de negócio. Neste contexto, vimos nascer milhares de empresas na 3ª Plataforma com modelos de negócio inovadores e que, em pouco mais de cinco anos, conseguiram liderar setores tradicionais como os transportes, turismo, retalho e, rapidamente, estão a por em causa setores como a banca, seguros, indústria, serviços, enfim, todos os setores económicos. Vimos também empresas líderes nos seus setores a abraçarem a 3ª Plataforma e acelerarem as suas estratégias de transformação digital. Na série de estudos “Portugal Tech Insights 2020”, desenvolvido com o apoio da NOS com o objetivo identificar as principais tendências tecnológicas até 2020 e analisar como as organizações portuguesas podem ganhar vantagem competitiva no novo contexto económico e tecnológico, podemos concluir que a maioria das organizações nacionais de média e grande dimensão já estão familiarizadas com as novas tecnologias associadas à 3ª Plataforma de TI, assim como têm interesse em aproveitar a mudança do ciclo económico para reforçar o esforço de transformação digital do negócio. Contudo, os mesmos estudos evidenciam também que grande parte das organizações nacionais ainda não investiram o suficiente na implementação de processos de gestão, de tecnologias e de um conjunto de competências que são necessárias para alcançar a generalidade dos objetivos relacionados com as tecnologias da 3ª Plataforma de TI. A multiplicidade de opções tecnológicas e o conjunto de competências necessárias torna difícil a criação de prioridades “Portugal Tech Insights 2020” desenvolvido com o apoio da NOS com o objetivo de identificar as principais tendências tecnológicas até 2020 Para mais informações sobre estes estudos, poderá consultar o portal, desenvolvido com o apoio da NOS, Portugal Tech Insights 2020 (www.idc.pt/TechInsights2020.html).

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt