Views
1 year ago

Directório Global das TIC | Empresas e Profissionais | 2014/2015

16 Opinião Diretório

16 Opinião Diretório Global das TIC empresas e profissionais 17 Cidadãos Digitais Exigem um Governo Digital Nuno Guerra Santos Vice-presidente da Accenture, responsável pela área de Administração Pública e Saúde em Portugal Ao longo das últimas décadas, a Accenture tem acompanhado de perto o desenvolvimento dos serviços públicos a nível internacional, participando em múltiplas iniciativas de transformação da Administração Pública em inúmeros países e investindo na investigação contínua neste domínio. De entre as reflexões que se vêm fazendo neste domínio, destacam-se as seguintes linhas de análise: quanto aos eixos principais de transformação do serviço público; de como o mundo digital pode acelerar esta transformação; que ensinamentos podemos retirar dos países que vêm assumindo a liderança no desenvolvimento do “Governo Digital”; e sobre quais as expectativas dos “Cidadãos Digitais”. Destas reflexões, que se abordam de seguida de forma sintética, é possível concluir que os Cidadãos Digitais, ou seja, cidadãos que se habituaram a interagir de forma mais conveniente através das novas tecnologias com os seus diversos interlocutores (familiares e amigos, colegas, fornecedores, etc.), esperam relacionar-se de igual forma com um Governo Digital, beneficiando de uma resposta mais célere e adaptada às suas necessidades por parte da Administração Pública. Por outro lado, o Digital constitui uma oportunidade única para acelerar a transformação dos Governos, não só obedecendo ao imperativo de redução de custos, mas possibilitando uma resposta globalmente mais inteligente aos cidadãos, permitindo-lhe aumentar os níveis de eficiência, envolvimento e transparência, através da colaboração de diversos agentes internos e externos à Administração, incluindo os próprios cidadãos. Eixos de Transformação do Serviço Público Através da iniciativa da Accenture “Delivering Public Service for the Future”, foram promovidos extensos debates e publicados vários artigos e estudos, procurando capturar- -se os elementos essenciais de transformação a considerar na reforma da Administração Pública, bem como exemplos e casos de sucesso. De uma forma resumida, os eixos principais identificados foram os seguintes: • De serviços padronizados a serviços personalizados – A transformação da prestação de serviços públicos passa por uma melhor utilização da informação disponível e pelo redesenho dos serviços públicos com a participação dos próprios cidadãos, de forma a serem mais convenientes e Nuno Guerra Santos Nuno Guerra Santos é Vice-presidente da Accenture, responsável pela área da Saúde e Administração Pública em Portugal. Anteriormente foi responsável pelos sectores da Saúde e Postal, bem como pelas áreas de Modernização Administrativa e Serviços Partilhados para a Administração Pública, onde liderou a realização de diversos projectos na lógica de serviços partilhados e compras públicas. Este executivo possui mais de 17 anos de experiência no desenvolvimento e liderança de pro- jectos estratégicos de consultoria de gestão e de tecnologias de informação, tendo colaborado com organizações de referência do sector da Saúde e Administração Pública. Nuno Guerra Santos é licenciado em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCTE - Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa e desenvolve actualmente neste Instituto um Doutoramento em gestão no domínio da distribuição de serviços públicos. Tem 42 anos de idade, é casado e tem 2 filhos.

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt