Views
1 year ago

Directório Global das TIC | Empresas e Profissionais | 2014/2015

12 Opinião Diretório

12 Opinião Diretório Global das TIC empresas e profissionais 13 As TIC e Media ao Serviço do Desenvolvimento da Economia Nacional Rogério Carapuça Presidente da APDC O sector das Tecnologias de Informação, Comunicação e Media atravessa um momento de profunda mudança. Enquanto para alguns tipos de players/ modelos de negócio a escala é determinante, e por isso assistimos a intensos processos de consolidação, para outros a especialização é fundamental e portanto a sua aposta é na inovação, desenvolvimento de novas ofertas e na defesa da respetiva propriedade intelectual. Existe uma crescente necessidade de recursos humanos especializados um pouco por toda a parte, sendo que na Europa essa necessidade é já uma limitação muito forte à expansão e desenvolvimento do sector. Portugal não é exceção a este cenário. Nas Comunicações assiste-se a uma consolidação dos players no mercado. A nível europeu, essa consolidação deverá naturalmente continuar e aprofundar-se dado o grande número e diversidade de operadores. Há um elevado e crescente nível de concorrência, que tem potenciado a criação de novos produtos e serviços tendo por base a convergência. Essa concorrência levou a um forte investimento em infraestruturas de nova geração, tanto móveis como fixas, que permitiram atingir uma elevada cobertura e qualidade das redes, colocando o nosso País na vanguarda da inovação deste tipo de soluções, e dando corpo à visão de Portugal como um autêntico laboratório do setor. As soluções desenvolvidas sobre estas redes são muito variadas, desde as do mundo das telecomunicações propriamente dito até ao das aplicações empresariais, de governo eletrónico (e-gov) e de natureza pessoal. Subsiste no entanto no nosso País uma significativa discrepância entre a oferta disponível, em consequência do elevado investimento realizado, e a procura existente no mercado. O que pode ser explicado pelo reduzido poder de compra de uma parte significativa dos consumidores, corolário de uma conjuntura económica e de uma demografia adversas e de um grau de literacia (nomeadamente digital) ainda baixo, especialmente nas faixas etárias mais elevadas da população. No sector, existe pleno emprego e a falta de recursos humanos especializados é já um problema para as empresas. Num mercado cada vez mais integrado, onde as fronteiras entre os vários players e os vários negócios se atenuam cada vez mais, também os fornecedores de soluções TIC estão em transformação, com

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt