Views
3 months ago

COMUNICAÇÕES 243 - Digitalizar é a sua password

  • Text
  • Portugal
  • Europa
  • Trabalho
  • Talento
  • Simplex
  • Dbc2022
  • Congresso
  • Mudanca
  • Governo
  • Campolargo
  • Cryptomoedas
  • Businesscases
  • Empresas
  • Economia
  • Futuro
  • Mercado
  • Tecnologia
  • Digital
  • Digitaltransformation
  • Digitalbusinesscommunity
À CONVERSA - Mário Campolargo acredita que o futuro se faz com passos SIMples; EM DESTAQUE - 31º Digital Business Congress: o balanço; NEGÓCIOS - Como se vai reposicionar o mercado depois do crash das criptomoedas?; MANAGEMENT – Não há revoluções sem dor; 5 PERGUNTAS a Andrés Ortolá, diretor-geral da Microsoft; I TECH - Ricardo Martinho, presidente da IBM; CIDADANIA - Um modelo de recrutamento muito à frente

a abrir 8 sound bites

a abrir 8 sound bites :-b “O futuro do trabalho desenha-se hoje. E os líderes nem precisam de ativar os seus super -poderes. Basta ligar aquela capacidade tão humana de ouvir as pessoas” Ana Marcela, ECO, 2022/07/26 “Há que aprender com os erros do passado, e foram muitos, e há que evitar que palavras como ‘digitalização’, ‘descarbonização’ ou ‘formação’ sejam meros verbos de encher para Bruxelas ver. Tudo depende de nós e da nossa capacidade de definir e cumprir prioridades” Amílcar Correia, Público, 2022/07/15 “As grandes tecnológicas estão muitas jardas à frente de uma Europa incapaz de liderar na inovação tecnológica e de regulamentar laboral e fiscalmente estes negócios sem fronteiras. Lembra-se de, há dois anos, a CE anunciar impostos europeus sobre estas multinacionais? Continuamos sentados à espera” Pedro Guerreiro, CNN Portugal online, 2022/07/10 “Portugal nunca dispôs noutro qualquer momento da nossa democracia de tantas verbas para proceder a uma transformação efetiva da sua estrutura produtiva; a oportunidade é única para dar um salto significativo e para nos aproximarmos do pelotão da frente a nível europeu” Jorge Santos, ECO, 2022/07/05 “Os tempos passam, as tecnologias mudam, mas confirmase a regra: os mercados – todos eles e uns mais do que os outros – reservam sempre muitas banhadas para quem vem cheio de ganância e não está preparado para andar à chuva” Mafalda Anjos, Visão online, 2022/06/ 5G TERÁ METADE DOS SUBSCRITORES MÓVEIS mundiais EM 2027 Em 2027, o número de subscritores de redes 5G ultrapassará os 4,4 mil milhões em todo o mundo, representando 48% dos clientes móveis. Já este ano, haverá mais de mil milhões de clientes. O Mobility Report da Ericsson confirma que será a tecnologia móvel que apresentará o crescimento mais rápido de sempre. Dentro de cinco anos, três quartos da população mundial terá acesso a redes assentes na nova tecnologia, que se afirmará como alternativa à banda larga fixa. Cerca de 20 operadores lançaram até final de 2021 redes 5G standalone (que não tiram partido da infraestrutura 4G já instalada), sendo que esse número duplicará este ano. Globalmente, mais de 210 operadores têm ofertas comerciais sendo as mais comuns a banda larga móvel melhorada (eMBB), acesso fixo sem fios (FWA), jogos e serviços baseados em AR/VR. No segmento empresarial, as ofertas têm incidido nas fábricas, transportes, cidades e portos inteligentes. No entanto, o enfraquecimento da economia global e as incertezas em torno da invasão da Ucrânia pela Rússia poderão impactar negativamente as estimativas de crescimento do 5G. Na Europa ocidental, o 5G terá uma cobertura de 82% em 2027.• DIGITAL TWINS CADA VEZ MAIS IMPORTANTES Cerca de 60% das organizações dos principais setores de atividade estão, ao nível global, a apostar em tecnologia digital twins, para melhorarem o seu desempenho operacional e alcançarem mais fácil e eficazmente as suas metas de sustentabilidade. Espera-se que a implementação desta tecnologia, que permite simular a realidade, aumente, em média, 36% nos próximos cinco anos, antecipa um estudo do Capgemini Research Institute. Os dados mostram que a apetência pela tecnologia, apesar de ser uma realidade em todos os setores, se destaca no automóvel, aeroespacial, ciências da vida, energia e utilities. Esta adesão está a ser impulsionada pelas jornadas de transformação digital, adicionando inteligência ao longo de toda a cadeia de valor das operações. Das empresas inquiridas, 79% está a fazer o investimento pela possibilidade de redução dos custos e pelo avanço tecnológico (77%) que oferece. Cerca de 57% concordam que a tecnologia é fundamental para melhorar os esforços na sustentabilidade. Adicionalmente, proporciona formas flexíveis de trabalho, mitigando riscos e ampliando a colaboração, numa oportunidade única de aumentar a rentabilidade e otimizar a utilização dos recursos.• O 5G é a tecnologia móvel que registará o crescimento mais rápido de sempre, refere o Mobility Report da Ericsson Espera-se que a implementação da digital twins aumente, em média, 36% ao longo dos próximos cinco anos

ADOÇÃO GLOBAL DA IA ESTÁ A ACELERAR mAis de um terço das organizações mundiais estão a usar a inteligência artificial para responder a uma miríade de fatores e pressões. Nomeadamente para as ajudar a endereçar a escassez de competências e de profissionais, a responder a pressões concorrenciais e, cada vez mais, a responder também às pressões ambientais. São tendências que apontam para o papel crescente que a IA está a desempenhar, tanto nas organizações, como na sociedade. O “Global AI Adoption Index 2022“, estudo da IBM conduzido pela Morning Consult, mostra que as empresas estão a aplicar IA numa grande variedade de casos de uso, havendo uma adoção mais avançada em áreas como as operações de TI, segurança e deteção de ameaças e automação de processos de negócio. No entanto, e apesar do reforço dos investimentos, subsistem barreiras à adoção, particularmente para as organizações mais pequenas, que terão menos probabilidade de tirar partido da IA. O estudo diz que os três principais obstáculos à adoção são um conhecimento e experiência de IA limitados, preços elevados e falta de ferramentas e plataformas para o desenvolvimento de modelos de IA. As organizações chinesas e indianas lideram o processo de adoção, com quase 60% dos profissionais de TI nesses países a revelar que a sua organização já usa ativamente IA, em comparação com mercados como a Coreia do Sul (22%), Austrália (24%), EUA (25%) e Reino Unido (26%). Os profissionais de TI nas indústrias de serviços financeiros, media, energia, automóvel, petróleo e aeroespacial são os mais propensos a afirmar que a sua empresa tem desenvolvido ativamente a IA.• A IA está a ser cada vez mais usada pelas organizações para compensar a escassez de talento ILUSTRAçÕES Freepik nUMEROS 4,3 BILIÕES É o valor, em dólares, que 24 das 25 grandes tecnológicas perderam, em conjunto, em capitalização bolsista no 2º trimestre do ano. A incerteza em torno da situação geopolítica e as pressões inflacionistas crescentes foram a causa, segundo a Globaldata, para que gigantes como a Meta, Apple, Amazon, Microsoft, Google, Nvidia e Taiwan Semiconductor tenham desvalorizado com um selloff de ações. Só estas sete empresas perderam mais de 100 mil milhões em valor cada uma, com a Apple a liderar, com um recuo de 636,7 mil milhões de dólares face ao trimestre anterior. A Microsoft perdeu 390 mil milhões e a Google 400 milhões. 197 MIL MILHÕES É o número de vezes que os dados dos internautas europeus são partilhados para fins de publicidade por dia. Nos Estados Unidos, o valor sobe para 294 mil milhões de vezes diárias. Os números são de um relatório do Conselho Irlandês para as Liberdades Civis, que mostra que os dados de cada europeu são expostos mais de 376 vezes por dia e nos EUA 747 vezes. A Google é a maior empresa de RTB, com milhares de empresas a receberem os dados que recolhe, mas a Microsoft não está muito atrás no ranking. 50 MIL MILHÕES É a soma, em dólares, que a fabricante norte-americana de chips Broadcom quer dar pela VMware, empresa de software controlada pelo fundador da Dell, Michael Dell. A concretizar-se será um dos maiores negócios do ano, com a proposta a superar o valor de mercado da VMware, de 40 mil milhões. A Broadcom tem vindo a apostar numa onda de aquisições para diversificar atividades, sendo o software uma das grandes apostas: em 2018 comprou a CA Technologies e em 2019 a Symantec. 9

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt