Views
3 months ago

COMUNICAÇÕES 243 - Digitalizar é a sua password

  • Text
  • Portugal
  • Europa
  • Trabalho
  • Talento
  • Simplex
  • Dbc2022
  • Congresso
  • Mudanca
  • Governo
  • Campolargo
  • Cryptomoedas
  • Businesscases
  • Empresas
  • Economia
  • Futuro
  • Mercado
  • Tecnologia
  • Digital
  • Digitaltransformation
  • Digitalbusinesscommunity
À CONVERSA - Mário Campolargo acredita que o futuro se faz com passos SIMples; EM DESTAQUE - 31º Digital Business Congress: o balanço; NEGÓCIOS - Como se vai reposicionar o mercado depois do crash das criptomoedas?; MANAGEMENT – Não há revoluções sem dor; 5 PERGUNTAS a Andrés Ortolá, diretor-geral da Microsoft; I TECH - Ricardo Martinho, presidente da IBM; CIDADANIA - Um modelo de recrutamento muito à frente

76 maria Falcão, co-Ceo

76 maria Falcão, co-Ceo da harpoon.jobs: 70% dos encontros que promove com candidatos e clientes realizam-se no seu meta office

cidadania harpoon.jobs Quando um algoritmo e um meta office se juntam Já houve quem lhe chamasse o Tinder do recrutamento. É uma plataforma que junta pessoas e empresas com interesses em comum. Tem muita tecnologia e irreverência. Trabalha com todas as áreas de negócio, embora siga com atenção os perfis web 3, ou não fossem eles o futuro. TEXTO DE teresA ribeiro FOTO CEDIDAS tudo começou há seis anos, quando matthieu Douziech, diretor de Recursos Humanos da L’Óreal, em Espanha, fundou a sua própria empresa em Portugal, país onde decidiu instalar-se por razões pessoais. Para o projeto convidou maria Falcão, com quem trabalhou na multinacional que acabara de deixar. Atraída pela ideia de criar um conceito novo na área do recrutamento, maria aceitou: “matthieu percebeu que, neste universo, as coisas eram feitas de forma muito tradicional, com processos burocráticos, e quis trazer inovação, tecnologia e agilidade ao processo”, conta a co-CEO da Harpoon.jobs. Decidiram criar uma solução 100% tecnológica, mas depressa concluíram que no recrutamento não se deve dispensar o toque humano. mantiveram a marca que lançaram – Harpoon.jobs –, mas o algoritmo que deu vida à plataforma que a introduziu no mercado passou a ser apenas uma das componentes de todo o processo que lideram e que cruza talento e emprego. Hoje, maria acredita que criaram a fórmula certa, que junta tecnologia, proximidade e imaginação: “Fazemos cerca de 70% de todas as reuniões com clientes e candidatos no nosso meta office, que convidamos a conhecer, numa visita virtual guiada, e que funciona como um autêntico quebra-gelo”, revela. Esta forma inovadora de receber e cruzar clientes e candidatos faz sucesso e tem a vantagem adicional de cativar particularmente as gerações que estão a entrar no mercado de trabalho e valorizam a novidade e a informalidade que estão implícitos neste género de aproximação. Numa época em que tanta gente se queixa da escassez de talento, maria diz que na Harpoon.jobs a experiência tem sido o oposto: “Só nos é difícil encontrar talentos porque há um mar de possibilidades por esse mundo fora”, comenta, com um sorriso aberto. Com uma equipa fixa de oito pessoas a trabalhar em Portugal e consultores espalhados pelo planeta, a plataforma soma e segue: “Em termos de faturação duplicámos em 2021 em relação a 2019 (o ano antes da pandemia) e, em meados de 2022, já fizemos a faturação de 2021, portanto estamos a crescer duas vezes mais rápido, o que é um ótimo indicador”, partilha maria, feliz. O objetivo agora é afirmarem-se em novas áreas de negócio, como o Desenvolvimento (com soluções de assessement 100% digitais), o Mentoring e Coaching, que querem desenvolver à escala mundial e com foco nas áreas de Transformação de Negócio, Aceleração Digital e Empreendedorismo e também programas de Liderança “experienciais e imersivos”. O olhar da Harpoon.jobs é transversal: “Já não nos limitamos ao recrutamento. Queremos ser um parceiro estratégico do cliente e acompanhá-lo na gestão das suas equipas”. A ambição é patente no discurso da co-CEO da Harpoon, mas o brilho nos seus olhos explica-se pelo entusiasmo que sente em poder dar a clientes e candidatos uma experiência nova, feita com um pé sempre à frente do tempo, que é a condição necessária para que a criatividade continue aos comandos de um projeto que nasceu para surpreender.• 77

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt