Views
1 year ago

COMUNICAÇÕES 225 - O Líder Mobilizador (2017)

  • Text
  • Redes
  • Projetos
  • Tecnologia
  • Forma
  • Ainda
  • Digitais
  • Portugal
  • Empresas
  • Apdc
  • Digital
APDC 225 - O Líder Mobilizador Dezembro 2017

apdc news jantar

apdc news jantar reservado Rui Lourenço (MPMA), Carlos Leite (HPE), Pedro Afonso (Axians), Bernardo Correia (Google) e António Lagartixo (Deloitte) Cláudia Goya (PT), Rogério Carapuça (APDC), Francisco Simão (CTT), António Raposo de Lima (IBM), Paula Panarra (Microsoft), João Farinha (MPMA), Manuel Maria Correia (DXC) e Inês Nolasco (Vodafone) O tema das competências, onde a APDC “tem sido um parceiro essencial”, é um grande desafio comum. “Precisamos de competências, muitas e variadas, que consigam trabalhar em conjunto na inovação, criando os contextos adequados. É sempre um trabalho de cocriação, para diminuir o risco da não adoção das tecnologias”, refere a ministra. O INCoDe.2030, lançado com a sociedade civil, visa exatamente responder a este desafio, bastante mais complexo no setor público. Sobre o primeiro eixo deste programa, a inclusão, a governante diz ser uma questão de cidadania, pois ainda há 26% da população que não tem ferramentas digitais. Para combater a infoexclusão, a governante defende a necessidade de trabalhar em grande proximidade. Para o efeito há vários projetos em curso, mas “ainda estamos longe da meta a que queremos chegar”. Já no eixo da educação, estão a ser reforçadas as disciplinas TIC nos diferentes níveis de ensino, tendo ainda que se formar docentes, montar redes e adotar equipamentos adequados. É no eixo 3, da qualificação, que o modelo de colaboração com as empresas “está mais aprofundado”, diz, tendo em conta que a dificuldade de encontrar mãode-obra qualificada em TIC é comum. Na Administração Pública, o “panorama é preocupante”. Programas como o Indústria 4.0, com novos modelos de formação, já estão a endereçar o problema. Tal como as medidas do eixo seguinte, da especialização, que pretende aumentar a oferta de cursos técnicos, superiores, profissionais e pós-graduações especializadas. “O mundo anda depressa e precisamos de nos manter atualizados” diz a minis- Sofia Tenreiro (Cisco), Paulo Malta (MPMA) e Carlos Barros (Fujitsu) Fernando Braz (SAS), Joaquim Nunes Correia (PT) e José Manuel Paraíso (IBM) tra, defendendo a necessidade de uma estreita colaboração com as empresas, sobretudo da área das TIC, para se desenvolverem novos modelos de formação à medida e novas aprendizagens, baseadas na experiência de todos. Fundamental é também o último eixo do INCoDe.2030, da investigação, através do qual garante que será dada “continuidade ao esforço que a nossa comunidade científica está a fazer para produzir novo conhecimento. Não para sermos costureiras do digital, mas sim para que este eixo alimente permanentemente os demais, mantendo-nos numa frente avançada no digital”.• C

CANDI DATU Tivemos uma grande ideia, dar uma oportunidade à sua RAS A NOS junta-se à TSF e ao Dinheiro Vivo para distinguir as práticas mais inovadoras no mundo empresarial. Depois de duas grandes edições, o Prémio Inovação NOS prepara-se, nesta 3ª edição, para apoiar e premiar as empresas portuguesas, dando reconhecimento e projeção a novos projetos de inovação. Serão distinguidos três projetos em três categorias: Grandes Empresas, PMEs e Start Ups. Os projetos serão selecionados pelo papel relevante da inovação na dinamização do sector empresarial e da economia nacional. Se a sua empresa tem uma grande ideia, aproveite esta oportunidade. Consulte o regulamento e candidate-se em premioinovacaonos.pt.

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt