COMUNICAÇÕES 224 - A Senhora Simplex (2017)

  • Apdc
  • Ainda
  • Dados
  • Clientes
  • Novas
  • Empresas
  • Tecnologia
  • Forma
  • Mercado
  • Portugal
  • Digital
APDC 224 - A Senhora Simplex Setembro 2017

negócios business

negócios business analytics O Business Analytics é essencial para a ”deteção de novas oportunidades de negócio”, defende Fernando Braz, diretor-geral do SAS Portugal Dados: poder incontornável O Business Analytics já não é uma mera questão técnica, mas sim de negócio, em todas as organizações e em todos os setores. Saber usar o poder dos dados é determinante para inovar e garantir o futuro. Texto de Isabel Travessa Fotos cedidas O poder dos dados e da vertente analítica é incontornável na evolução e inovação dos negócios em todos os setores de atividade. Sendo um “instrumento vital para a decisão operacional e estratégica das organizações, deixou de ser uma questão técnica para ser uma questão de negócio”, defende Fernando Braz, diretor-geral do SAS Portugal. No rescaldo da última edição do SAS Fórum Portugal, conside- rado o maior evento anual de Business Analytics (BA), o diretor- -geral do SAS Portugal destaca que o BA é essencial para a “previsão, crescimento e deteção de novas oportunidades de negócio”. Na sua perspetiva, “passámos de uma situação de utilização de nicho, confinada a áreas mais técnicas, para uma utilização extensiva e ao longo de toda a organização”. Acresce que “a sensibilização para a importância de uma economia data driven contribui para uma utilização em diferentes unidades funcionais e a diferentes níveis de decisão”. A incorporação de algoritmos e as tecnologias de vanguarda, como a IA, machine learning, IoT, texto mining, modelos de previsão, decisão em tempo real, análise de cenários e visualização de dados em diferentes soluções analíticas que satisfaçam as principais necessidades, estão entre as tendências citadas pelo gestor. Fernando Braz destaca para 2018 as perspetivas de consolidação do crescimento que o SAS tem registado nos últimos anos. Nomeadamente com as oportunidades que resultam da nova lei da Privacidade (GDPR), que “colocará desafios na gestão das bases de dados das empresas, dos processos e sobretudo das suas relações com o mercado”. “A gestão da complexidade dos dados e da sua análise para a conformidade vão ser uma das áreas de negócio”, explica. Em paralelo, “as soluções analíticas para o combate e prevenção à fraude, gestão de risco e de marketing analítico serão vetores de crescimento”, acrescenta. O SAS Fórum contou este ano com a presença de Neil Harbisson, o primeiro cyborg do mundo, que abordou a experiência de viver com uma antena implantada na cabeça – que assume fazer parte de si . Tentou demonstrar a todos a forma como sente, apreende e vê o mundo, garantindo que não há nada mais humano do que usar tecnologia como parte do corpo. Recorde-se que o SAS foi considerado de novo este ano a “Melhor Empresa para Trabalhar” pelo Great Place to Work Portugal.• C

Desde 1957 que o futuro está escrito nas nossas estrelas, levando até todos uma história única e um património insubstituível na vida dos portugueses. A RTP assume como missão contribuir para o desenvolvimento social, cultural e económico do país, chegando a um vasto e heterogéneo público. A sua oferta integra um universo rico e diversificado de marcas de televisão, rádio e online, transmitindo, desde o primeiro dia, toda a sua luminosidade. RTP.PT RTP.PT/PLAY FACEBOOK.COM/RTP

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt