Ciclo de Conversas Digitais "O Futuro dos Negócios" - Multicloud Híbrida

  • Wwwapdcpt
  • Hibrida
  • Digitais
  • Conversas
  • Ciclo
  • Permite
  • Diferentes
  • Fornecedores
  • Futuro
  • Clientes
  • Empresas
  • Multicloud

CICLO DE CONVERSAS

CICLO DE CONVERSAS DIGITAIS “O FUTURO DOS NEGÓCIOS” - MULTICLOUD HÍBRIDA ção alternativa de alto valor acrescentado, que permite o aumento da segurança, privacidade, previsibilidade e soberania de dados, assim como uma redução da latência, do custo e do e time-to-market”. A necessidade de adoção de “uma abordagem holística ao mundo da multicloud híbrida, seja on-premise, em cloud privada ou pública”, é para o Managing Director Iberia and Latin America da Claranet, essencial no mercado atual. Tendo em conta que vivemos hoje uma realidade em que se continua a evoluir para as clouds públicas, e tendo em conta os gigantes que operam neste negócio, como a Amazon, a Microsoft ou a Google, os fornecedores nacionais apostam numa diferenciação através da oferta de “capacidade de abstração e agnosticidade das plataformas e tecnologia”, considerando “o melhor contexto para as necessidades de cada empresa”. Esta “abordagem holística, sem qualquer preconceito, permite aos clientes localizarem os seus dados e as suas aplicações de negócio, quer as críticas, quer as não críticas. Isto é que é fundamental”, avança António Miguel Ferreira. Pra quem, se atualmente ainda existe um “conjunto enorme de aplicações que ainda são on-premise”, elas estão lentamente a migrar para ambientes de As empresas optam por soluções de multicloud híbida para ganhar escalabilidade e eficiência de custos. Conseguem usar diferentes fornecedores cloud para lidar com as cargas de trabalho específicas e para satisfazer as necessidades das aplicações cloud pública ou privada e o “novo mundo, no futuro, nunca será apenas um só ambiente para a maior parte das empresas. UM MUNDO CADA VEZ MAIS NA NUVEM Para o gestor, constata-se que “a generalidade das empresas precisa de um ambiente multicloud híbrido, algumas um pouco mais on-promise, outras mais em cloud pública ou privada. Consoante o caso, a solução final será sempre híbrida e é por isso importante abordar os clientes sem preconceitos e com soluções adequadas e adaptadas à realidade de cada um. Concerteza o mundo está a ficar cada vez mais cloud e com a pandemia houve um acelerar deste movimento, porque mais cloud permite mais flexibilidade e mais agilidade às empresas”. Na gigante IBM, um dos players mundiais da cloud, a aposta na multicloud híbrida é considerada estratégica para o futuro. Como explica Frederico Munõz, Chief Architect da subsidiária nacional, existe “já uma realidade para os clientes empresariais que pode ser considerado um conceito de multicloud híbrida, endereçando as diferentes necessidades”, porque dão soluções adequadas aos problemas concretos. Cerca de 94% dos clientes

5 A chave para a definição de uma estratégia de cloud nas empresas passa por compreender quais são as cargas de trabalho que terão que ficar dentro da organização, quais as que podem ser migradas para cloud pública e as que têm de estar on-premise ou num data center privado. Com capacidade de adaptação aos desafios que vão surgindo empresariais da IBM partilham a utilização de clouds múltiplas e 67% usam mais do que uma cloud pública, exemplifica o gestor. É que o recurso a soluções de multicloud híbrida tem vantagens: best fit, já que diferentes necessidades têm diferentes soluções; elasticidade, com modelos de custos e modelos de consumo à medida; e redução do lock-in, podendo adotar-se ajustamentos do roadmap para preparar o futuro. Acresce uma maior redução dos riscos, já que ao ter os dados em diferentes clouds haverá menos risco em situações de catástrofe. Mas o futuro tem de ser feito com base em respostas concretas perante aos desafios que são colocados em cada momento às organizações. Os números da IBM mostram que 73% das empresas se preocupam prioritariamente com os movimentos entre clouds, 82% com a conetividade e 67% com a consistência na gestão. As skills são outro tema, tal como a segurança e a qualidade final do produto e a complexidade no controlo e na gestão, perante a existência de múltiplos dashboards e faturas. Muitos clientes IBM apontam constrangimentos como a “falta de conhecimento claro sobre as parcerias e as ofertas e estratégias em termos de multicloud híbrida. Assim como a complexidade associada à migração. Por isso, o que é

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt