APDC - 30º DIGITAL BUSINESS CONGRESS

  • Pandemic
  • Online
  • Congress
  • Wwwapdcpt
  • Edition
  • Mundo
  • Lisbon
  • Empresas
  • Tecnologia
  • Futuro
  • Portugal
  • Digital
Lisbon & Online Edition For free registration, use this code: ONDEMANDFREE https://congresso.apdc.pt/registration After registration you will receive one e-mail with all accces an then you have to click https://live.apdc.pt/ to view all presentencions

30º

30º DIGITAL CONGRESS LISBON & ONLINE EDITION Aida Chamiça, executive coaching “Somos todos do mesmo tamanho e temos a ilusão de estar em posições diferentes. Como todos acreditamos nesse paradigma, há assimetrias que aceitamos. Um líder é alguém que assume a responsabilidade de partilhar com equipas um propósito e de as inspirar. Felizmente, é neste sentido que vão muitos líderes nacionais” “Este sentido de missão, a capacidade de comunicar a razão, tem imbuído os líderes empresariais. Têm abraçado este desafio, mas é uma caminhada. Já a nível político vejo pouca liderança, no sentido do propósito, de haver autenticidade e proximidade. Todos sabemos que a inteligência política não é sinónimo de estar a prestar um serviço público” “A forma como se lidera e motiva é com autenticidade e transparência. Os líderes que puderam mostrar a sua verdadeira face e até vulnerabilidade e desgaste que estão a ter, naturalmente deram um exemplo de proximidade com as pessoas. Os que o não puderam fazer, cavaram um fosso com as equipas. Os resultados foram diametralmente opostos” Miguel Xavier, director do National Mental Health Programme “A crise é algo em que mergulhamos e quando saímos ficamos sempre diferentes. O que deve orientar um líder, seja de uma empresa, seja de uma equipa de cuidados intensivos, é ter aspirações, ter capacidade de mudança e ter valores” “Tudo está ancorado num sistema de valores que funcione, ou o líder é um líder a prazo. Ninguém aceita ser liderado de forma convicta e em partilha por alguém com quem não consegue fazer uma similitude de valores” “Temos que ver se os líderes que temos foram capazes de enfrentar a crise. Sim e não. Mas têm alguma desculpa, porque o que nos caiu em cima era algo sem livro de instruções. Havia muitas coisas que ultrapassavam a nossa capacidade de adaptação momentânea, porque nunca as tínhamos vivido”

25 INSPIRING YOUTH Nadeem Nathoo, co-fundador da The Knowledge Society (TKS) “Como poderão os jovens treinar para serem CEO’s, líderes de topo, inovadores ou cientistas? É isso que a TKS pretende ser, a instituição onde podem ser curiosos e treinar a utilização de tecnologias emergentes para resolver problemas complexos do mundo. Trabalham em áreas como a cura de doenças, criar empresas e trabalhar coisas que possam ajudar a sociedade” “Recebemos jovens entre os 13 e os 17 anos, que nem sequer sabem criar códigos e num ano ou dois conseguem fazer coisas incríveis e inesperadas. Não nos importamos com idades ou escolas na seleção, mas sim com a curiosidade, com jovens que adoram aprender, que têm ambição e que pensam maior e têm atitude de trabalho” “Reinventar a educação é objetivo. Temos que nos perguntar qual é a definição de educação. Acredito que o potencial humano é o recurso mais valioso que temos enquanto civilização. Agora não estamos a fazer um bom trabalho. Na TKS, damos aos jovens a oportunidade de maximizar o seu potencial e as probabilidades de sucesso” Anupra Chandran, estudante da TKS “Na maioria da minha vida, sempre me vi a ter impacto no mundo. Quando comecei na TKS não sabia muito de tecnologia e a forma como poderia ser usada para resolver grandes problemas. Fiquei exposta a um mindset de exploração e a tentar perceber as diferentes tecnologias” “Dentro do programa, aprendemos a codificar e a construir projetos, a criar propostas a partir de ideias que ninguém trabalha. Ficamos não só com o conhecimento, mas com as capacidades para resolver problemas. O que é mais importante é ser capaz de trabalhar muito, fazendo a prioridade, e ter a capacidade de pensar diferente, transformando ideias em soluções pouco convencionais” “Tenho grandes objetivos e a TKS ajudou-me a ter capacidades que nunca pensei. Neste momento, estou interessada nos grandes problemas existenciais do mundo, como as alterações climáticas, e nas doenças do envelhecimento, como o Alzheimer”

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt