Views
1 year ago

A Economia Digital em Portugal 2018

  • Text
  • Permite
  • Resultados
  • Plataforma
  • Desafios
  • Economia
  • Portugal
  • Forma
  • Digital
  • Dados
  • Tecnologia

a economia

a economia em portugal 2018 digital 3. A Tecnologia na Transformação das Cidades e Territórios 136 Era exequível uma eletrificação da frota municipal na ordem dos 90% mas, face às soluções de oferta de mercado, apenas se conseguiu avançar para um valor a rondar os 70% de veículos elétricos e híbridos plug-in de medidas a tomar pelo município, nomeadamente a substituição de veículos existentes por outros de motorização alternativa, preferencialmente elétrica, e o investimento na capacitação para o carregamento de veículos elétricos, em espaços privados do município. A disponibilização de múltiplas fontes de dados relevantes, por parte da CMP, entre os quais um sistema de gestão de frota acessível através de API, viabilizou a coleta, processamento e análise de dados históricos e o desenho dos modelos preditivos, com objetivo de uma análise eficaz e bem-sucedida. RESULTADOS A metodologia implementada permitiu à Câmara Municipal do Porto: Definir o número, tipo e função de veículos ótimo para a frota de todo o universo Câmara Municipal do Porto (CMP e empresas municipais); Redefinir as necessidades de frota, apostando numa crescente eletrificação e descarbonização dos veículos; Definir o número, tipo e distribuição de pontos de carregamento a adquirir/ contratar, bem como as necessidades de retrofit das instalações elétricas existentes; Suportar o plano ótimo de expansão e ajustamento da rede de carregamento elétrico municipal, pública e privada, de veículos elétricos; Suportar o processo de decisão de tipologia de utilização de veículos: individual, partilhada, carpooling, personalizado, com motorista, entre outros. O estudo do CEiiA concluiu que era exequível uma profunda transformação da frota municipal no sentido da eletrificação na ordem dos 90%. Face às soluções de oferta de mercado, apenas se conseguiu avançar para um valor a rondar os 70% de veículos elétricos e híbridos plug-in. O procedimento de renovação da frota consumou-se com um modelo de renting de: 205 veículos elétricos; 69 veículos híbridos plug-in; 116 veículos de combustão interna. Representou a instalação de 315 pontos de carregamento distribuídos por 19 instalações. As maiores concentrações de pontos de carregamento e que, por isso, representaram maiores desafios à concretização foram: 68 pontos nas instalações da Águas do Porto, EM; 60 pontos nas Oficinas Gerais da Câmara Municipal do Porto; 45 pontos no parque de estacionamento da Trindade. Face ao desafio e análise, as vantagens expectáveis são: Decréscimo do custo da mobilidade; Poupança de cerca de 600.000 € / ano em combustível; Diminuição de emissão de partículas e dióxido de carbono ( - 2.300 toneladas de CO2 para a atmosfera nos quatro primeiros anos); Redução evidente do ruído. Coordenação/Autoria: Vladimiro Feliz, CEiiA Cisco Tecnologia LoRa® para soluções Smart City na C. M. das Caldas da Rainha Transformação digital da rede e infraestrutura multisserviços do município das Caldas da Rainha Desafios Os municípios enfrentam atualmente o desafio de disponibilizarem melhores serviços aos munícipes, com uma gestão de infraestruturas mais amiga do ambiente e mais eficiente, passível de rentabilizar ao máximo os orçamentos e os ativos das cidades, com o objetivo de criar valor para os munícipes e os municípios.

137 a economia digital A Câmara Municipal das Caldas da Rainha tem vindo a reforçar o investimento na sua rede e infraestrutura multisserviços, que permite suportar soluções como a gestão da recolha de resíduos e do consumo de água, suportados numa rede de tecnologia LoRa, que proporciona cobertura rádio em todo o concelho. Tecnologia A tecnologia wireless LoRa está a revolucionar o mundo das smart cities e da IoT, sendo baseada num protocolo de comunicações standard que funciona em espectro não-licenciado, livre de operador, especialmente vocacionada para a conectividade de sensores alimentados por bateria. A sua duração pode ser maximizada para valores que podem ultrapassar os 10 anos, com uma infraestrutura simples e investimento reduzido, permitindo com uma única gateway/antena cobrir até 15 km de raio (30 km de diâmetro) em área sem grandes obstáculos, onde poderão coexistir milhares de sensores dos vários casos de uso para smart cities, assegurando implementações em escala e maximizando assim os benefícios. Os dados provenientes dos diferentes sensores são transportados, de forma segura, até ao centro de comando e supervisão, por forma a gerir e operar os sistemas da cidade, com base numa visão holística e integrada da situação no terreno. ResultadoS O município das Caldas da Rainha deu mais um passo importante rumo à transformação digital ao implementar a tecnologia LoRa, obtendo dados em tempo real de diversas fontes de informação, que resultam em benefícios e otimizações nos processos de melhoria contínua dos serviços prestados à comunidade, contribuindo para um melhor conhecimento da dinâmica urbana, permitindo uma utilização mais racional dos recursos e uma melhoria na qualidade de vida. Um exemplo é a utilização de sensores da startup portuguesa EVOX, instalados nos contentores de resíduos, que comunicam por via da rede LoRa, e que, por medição de enchimento e análise dos dados obtidos, permitem calcular rotas de recolha otimizadas, reduzindo-se desta forma os consumos de combustível, o ruído e a poluição produzidos pelos veículos de recolha, que são também monitorizados ao longo do seu percurso. Os resultados obtidos mostram reduções de custos diretos e operacionais que podem atingir valores próximos dos 60% em alguns indicadores, nomeadamente os relacionados com consumos de água e combustível. Coordenação/Autoria: António Feijão, Cisco Deloitte Camada de integração aplicacional Solução Mullesoft Desafios O município de Oeiras pretendia implementar uma solução que permitisse de forma simplificada efetuar um plug & play às diferentes soluções aplicacionais existentes, de forma a garantir a integração de dados entre as diversas aplicações da sua atividade. Tipicamente, o custo associado à integração ponto a ponto sempre que se pretende alterar o modelo de dados de uma determinada aplicação e se decide implementar uma nova solução é enorme e demora imenso tempo. Tecnologia Assim, tendo em conta a análise de diferentes soluções de mercado, o seu custo e a disponibilidade financeira O município das Caldas da Rainha deu um passo importante rumo à transformação digital ao implementar a tecnologia LoRa que está a revolucionar o mundo das smart cities e da IoT em portugal 2018 3. A Tecnologia na Transformação das Cidades e Territórios

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt