Views
1 year ago

A Economia Digital em Portugal 2018

  • Text
  • Permite
  • Resultados
  • Plataforma
  • Desafios
  • Economia
  • Portugal
  • Forma
  • Digital
  • Dados
  • Tecnologia

a economia

a economia em portugal 2018 digital 1.8 Realidade Aumentada | Realidade Virtual 114 A VR observou uma materialização relevante na indústria de gaming tendo sido esta a área que desde início teve um forte investimento conteúdos quer na forma como os consumimos e aqui os ISP (Internet Service Providers) e as telcos assumem um papel preponderante nesta revolução, dada a necessidade de largura de banda e da sua entrega com a qualidade exigida para que os conteúdos sejam explorados convenientemente. Qual o contributo que os ISPs podem dar na evolução do AR/VR ? Considerando o 4,5G e o 5G como alavancas fundamentais para a evolução do AR/VR, importa referir que fatores como a largura de banda, capacidade de processamento e latência, são chave para o sucesso de qualquer integração tecnológica. Olhando para o tipo de utilização esperada e assumindo o vídeo um papel de relevo neste mercado, a capacidade de processamento será um fator determinante na diferenciação das empresas que irão estar como suporte a esta tecnologia e que serão consideradas enablers de primeira classe. Analisando numa perspetiva mais económica, existe um potencial enorme em diversas áreas, sendo que cada uma tenta otimizar o seu modelo de negócio adaptado à sua realidade. A VR observou uma materialização relevante na indústria de gaming tendo sido esta a área que desde início teve um forte investimento, mas porventura aquela que também tem observado um retorno mais rápido o mesmo. As experiências de VR sempre foram um canal de promoção da indústria de gaming sendo usadas como ferramentas de marketing por excelência. Seguindo este caminho, telcos e operadores de Pay TV começaram a dar os primeiros passos, desenvolvendo ofertas especificas suportados em conteúdos e experiências imersivas. Também em sectores como o imobiliário a utilização do VR permite atingir novos mercados onde a desmaterialização permite por exemplo que um potencial cliente que reside nos EUA esteva efetuar uma visita a um apartamento situado em Lisboa. Olhando para áreas como a Educação, e num prisma não tão económico de curto prazo, a introdução do AR/ VR possibilita a introdução de novas ferramentas de aprendizagem elevando o nível de ensino a outros patamares de eficiência. O que esperar da AR/VR? Olhando para os paradigmas que tem sido alterados e experiências evolutivas em inúmeros setores, como a Saúde na utilização de ferramentas de treino para cirurgias, no Retalho através da exploração de novas formas de comunicação de produtos através de catálogos virtuais e experiencias imersivas, passando por Indústrias que usam esta tecnologia para obter ganhos de eficiência em processos produtivos, o caminho é longo mas começa já a ser percorrido. Espera-se que a produtividade e eficiência dos processos melhore pela utilização desta tecnologia, reduzindo cada vez mais a necessidade de testes físicos através da criação de ambientes totalmente artificiais e controlados. É ainda previsível uma maior otimização das comunicações reduzindo ainda mais as barreiras de comunicação ainda existentes e aproximando pessoas, quer em ambientes de educativos ou de lazer.

115 a economia digital Altice MEO Go VR Iniciativa nacional de aplicação de VR Desafios Com a nova aplicação MEO Go VR, o utilizador está no centro da ação e vive uma experiência única e imersiva, onde os seus sentidos e emoções serão explorados mais profundamente. Através dos conteúdos disponíveis no MEO Go VR, os utilizadores poderão acompanhar filmagens de séries e novelas, viver experiências radicais, como saltar de helicóptero ou fazer snowboard, ou visitar o Cristo Redentor no Rio de Janeiro. Estes conteúdos resultam de parcerias efetuadas entre o MEO e a SIC, SyFy, FTV, História e Clubbing, e poderão ser visualizados por qualquer utilizador. Tecnologia O desenvolvimento desta solução contou com a participação de várias equipas internas, incluindo a Altice Labs, o centro de inovação do grupo Altice, e de um parceiro português, a agência Gema Digital (http://gemadigital.com/), especialista na criação de projetos digitais e tecnológicos, na área da realidade virtual, experiências 4D, realidade aumentada, videomapping, jogos interativos, holografia, entre outros. A Samsung foi o parceiro escolhido, tendo sido toda a experiência VR desenvolvida para o equipamento Gear VR. A app MEO Go VR está disponível gratuitamente na Oculus Store para todos os utilizadores com: smartphone Samsung Galaxy S6, S6 edge, Galaxy S6 edge+, S7, S7 edge e S8 Óculos Samsung Gear VR (com ou sem controller). O smartphone tem que estar encaixado nos óculos Samsung Gear VR para se ter acesso à Oculus Store. ResultadoS O lançamento do MEO Go VR é mais um exemplo da inovação, pioneirismo e engenharia portuguesa que vai ao encontro desta tendência recente que é a realidade virtual. São poucas as iniciativas em termos de produção e de visualização de conteúdos neste âmbito e com esta aplicação os clientes MEO beneficiam de uma experiência de TV de última geração. De forma a partilhar esta inovação com os portugueses, o MEO disponibilizou vários pontos de experimentação do MEO Go VR em lojas, fazendo chegar a todos esta nova tecnologia. Coordenação/Autoria: Gil Moreira, Altice CTT Emissões Filatélicas Selos em realidade aumentada Desafios A nova geração de colecionadores será, futuramente, formada pelos millenials de hoje e, por isso, a experiência filatélica destes não pode ser inteiramente analógica, como no passado, mas integrar elementos do novo mundo digital em que o atual se está a transformar. Uma das formas de atingir este objetivo é complementando o suporte tradicional de comunicação – o papel – com uma vertente tecnológica atual e assente em suportes móveis de visualização. Assim, procuraram-se identificar emissões filatélicas onde o assunto tratado pudesse potenciar conteúdos audiovisuais e, desta forma, acrescentar valor e interesse. Nesta dinâmica, há um cruzamento de linguagens associadas a conteúdos das entidades com quem nos articulamos no desenvolvimento dos temas em selos da forma tradicional, com uma linguagem multimédia muito procurada hoje em dia com diversos pontos de acesso disponíveis por todos e para todos. Ou seja, procura-se de for- Óculos Samsung Gear VR O MEO Go VR é mais um exemplo da inovação, pioneirismo e engenharia portuguesa que vai ao encontro desta tendência recente que é a realidade virtual em portugal 2018 1.8 Realidade Aumentada | Realidade Virtual

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt