Views
1 year ago

A Economia Digital em Portugal 2018

  • Text
  • Permite
  • Resultados
  • Plataforma
  • Desafios
  • Economia
  • Portugal
  • Forma
  • Digital
  • Dados
  • Tecnologia

a economia digital 108

a economia digital 108 em portugal 2018 1.7 IoT áreas de desenvolvimento de produto e certificação, a NOS em conjunto com a OPEN, disponibiliza espaços devidamente infraestruturados para a instalação provisória dos projetos em fase de experimentação, prova de conceito e estudo de mercado. Esta plataforma conta ainda com um espaço físico, sediado nas instalações da OPEN - Associação para Oportunidades Específicas de Negócio, na Marinha Grande developers, acelerando assim o desenvolvimento de novas soluções através de processos de prototipagem rápida. Através desta plataforma, a comunidade de developers, constituída por parceiros de diferentes dimensões e áreas de especialização, mas também pelas academias nacionais e pelo ecossistema de startups, passa a ter acesso privilegiado aos desafios e oportunidades do mercado. Por outro lado, as principais empresas nacionais passam a poder disponibilizar os seus problemas reais a uma rede tecnológica capaz de dar resposta aos mesmos, com benefícios para as suas operações, serviços e relação com os clientes finais. Esta plataforma conta ainda com um espaço físico, sediado nas instalações da OPEN - Associação para Oportunidades Específicas de Negócio, na Marinha Grande, uma região de referência mundial na indústria dos moldes, onde são disponibilizados os meios necessários para apoiar o desenvolvimento de novos devices conectados. Além de todo o suporte e consultoria nas Resultados Nesta fase, esta iniciativa conta com mais de 35 entidades tecnológicas às quais já foram endereçados 15 desafios concretos de hardware IoT capazes de resolver problemas reais das empresas nacionais. Através desta plataforma, pretende-se trazer para o mercado um conjunto de benefícios: Aproximar a comunidade de developers das principais empresas nacionais; Acelerar o processo de desenvolvimento e design de hardware; Desenvolver equipamentos e sensores IoT ajustados às necessidades das empresas; Acelerar o desenvolvimento de produtos que tirem partido das novas tecnologias de comunicação como o NB-IOT com vantagens significativas em termos de custo, duração das baterias e penetração indoor; Aumentar a robustez, estabilidade e níveis de certificação do hardware em projetos IoT. Coordenação/Autoria: Pedro Tété Machado, NOS NOS NOS e EDP Distribuição testam primeiro contador Nb-IoT Gestão da rede elétrica de distribuição Desafios As novas tendências globais como a descarbonização da economia ou o

109 a economia digital crescimento da mobilidade elétrica vêm trazer um conjunto alargado de desafios para a gestão da rede elétrica de distribuição que terá necessariamente que evoluir no sentido de gerir com maior eficiência os picos de procura face à intermitência de uma produção renovável que cada vez se encontra mais descentralizada. Para tal, um dos pontos críticos é ter a capacidade de monitorizar remotamente o sistema mais capilar da rede, incluindo os contadores da rede de baixa tensão, no sentido de ter visibilidade em tempo quase real dos consumos/produções e tirar partido de toda a flexibilidade disponível. Esta peça basilar da evolução da rede apresenta contudo grandes desafios do ponto de vista técnico, operacional e financeiro onde as tecnologias de comunicações têm um impacto decisivo. Tecnologia A solução implementada pela EDP Distribuição e pela NOS, passou por desenvolver, em conjunto com a Contar, um novo interface de comunicações para o contador inteligente que suportasse a nova tecnologia NB-iot. Esta tecnologia, que evoluirá para uma das variantes do 5G, foi desenhada para otimizar as comunicações das máquinas e dos sensores trazendo vantagens muito significativas ao nível do custo, do consumo de bateria e da capacidade de suportar uma quantidade massiva de dispositivos com níveis de cobertura e penetração indoor elevados. Além do desenvolvimento do novo contador inteligente, o projeto passou também pela execução de um piloto que envolveu 70 clientes na zona do Parque das Nações em Lisboa onde a NOS implementou a sua rede NB-iot, sendo o primeiro operador português e um dos primeiros operadores no mundo a utilizar a versão standard desta nova tecnologia. Resultados A execução deste projeto permitiu testar uma série de funcionalidades que reforçam a monitorização e controlo da rede de baixa tensão sendo que, das conclusões e impactos alcançados, se destacam os seguintes: Desenvolvimento do primeiro contador inteligente de energia elétrica baseado em tecnologia NB IoT; Níveis de sucesso da comunicação com os contadores próximos de 100%; Possibilidade de aumento da frequência de comunicação como os contadores inteligentes face à situação atual; Facilidade de integração da nova tecnologia na arquitetura existente; Melhoria na eficiência das operações remotas e da gestão da rede inteligente. Coordenação/Autoria: Paulo Líbano Monteiro, EDP e Pedro Tété Machado, NOS Novabase Gestão da interruptabilidade Apoio ao serviço do fornecimento de energia através de uma solução de IoT Desafios A REN - Redes Energéticas Nacionais atua em duas grandes áreas de negócio: por um lado, o transporte de eletricidade em muito alta tensão e a gestão técnica global do Sistema Elétrico Nacional e, por outro, o transporte de gás natural em alta pressão e a gestão técnica global do Sistema Nacional de Gás Natural, garantindo a receção, regaseificação de GNL, bem como o seu armazenamento subterrâneo. No seu papel de gestão técnica global do Sistema Elétrico Nacional, a REN Uma solução flexível e escalável, dotada de inteligência distribuída ao longo de toda a rede, que fornece ferramentas à REN para alcançar mais qualidade no fornecimento da energia em portugal 2018 1.7 IoT

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt