A Economia Digital em Portugal 2017

  • Sucesso
  • Cliente
  • Processo
  • Clientes
  • Forma
  • Economia
  • Processos
  • Projeto
  • Portugal
  • Digital

a economia

a economia em portugal 2017 digital 1.10 Saúde 86 Grande parte dos mecanismos que integram o telecuidado apresentam uma função preventiva, criando condições para que os cidadãos continuem a viver nas suas casas tanto tempo quanto possível recer soluções de cuidados sociais e de saúde inovadores, ao aliar serviços, plataformas tecnológicas e produtos, permitido fazer a gestão remota de pacientes em múltiplas unidades hospitalares. O cariz de prevenção e suporte dos seus serviços, baseados em tecnologia de informação e comunicação certificada e de última geração, com o controlo remoto de pacientes, permite com muita eficiência e rigor reduzir custos e aliviar os muito sobrecarregados sistemas de saúde/ cuidados. Assegurando ao mesmo tempo que os cuidados de saúde prestados são de qualidade e atempados. Os serviços oferecidos diminuem e facilitam o trabalho dos cuidadores/ familiares, permitindo-lhes melhorar a qualidade de vida, independência e reduzir os custos destes “pacientes escondidos”. Métricas Publicado pela Tactio Health está disponivel o case study sobre o projeto piloto que a Hope Care tem vindo a desenvolver no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). Este piloto consiste na monitorização de doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), onde a partir das suas casas fazem as suas medições diárias. A primeira triagem é feita pelo call center e, se necessário, os médicos envolvidos são informados sobre qualquer situação que exija a intervenção dos mesmos. Ensinamentos e Fatores Críticos de Sucesso Torna-se notória a relevância destas plataformas para os familiares/cuidadores que valorizam a monitorização constante dos seus familiares. Assim, criam-se condições para que os cidadãos continuem a viver nas suas casas tanto tempo quanto possível, mesmo que doentes estejam fragilizados de alguma forma. Assegura-se cima de tudo a transmissão de dados clínicos e fisiológicos e disponibiliza-se precocemente apoio clínico, apresentando um enorme potencial de melhorar a gestão clínica e redução de custos para as unidades de apoio hospitalar. Coordenação: Paula Roque Esteves e Rute Rocha, NOS Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, EPE Donor Now Automatização de processos Donor Now é um software de sinalização automática de "catástrofes neurológicas", que pretende ser um auxílio na referenciação de possíveis dadores de órgãos. Este projeto nasceu como ideia da Dra. Ana Fernandes, médica intensivista e Coordenadora Hospitalar de Doação (CHD) do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) e é concretizada em 2014 com o envolvimento dos engenheiros informáticos do hospital, João Veiga e Diogo Ermida. O software analisa o texto livre dos relatórios médicos dos tacs craneo-encefálicos (CE) realizados no hospital, que estão disponíveis automaticamente no sistema de informação hospitalar. Com base na identificação de expressões específicas escritas nos relatórios médicos dos referidos exames, e que traduzem situações de elevada gravidade, o algoritmo de Processamento de Linguagem Natural (PLN) identifica os casos considerados “catastróficos”, despoletando automaticamente um alerta via

87 a economia digital email para a coordenadora. Esta realiza uma validação clínica do relatório em questão para aferir a potencial gravidade e decidir o acompanhamento ou não da evolução de cada caso. Este software funciona como um complemento à sinalização de possíveis dadores de orgãos feita por médicos e/ ou enfermeiros do HFF, ao Núcleo de Coordenação Hospitalar de Doação (que é incentivada por meio de formações e sessões de sensibilização) e ainda como um fator de promoção deste objetivo, já que em muitos casos permite que o coordenador contacte precocemente o médico responsável pelo paciente, constituindo uma oportunidade de sensibilização e alerta para o tema da doação de orgãos. Objetivos Implementar um processo automatizado de sinalização de casos catastróficos detetáveis (nas urgências ou noutros serviços médicos do HFF), que possa evoluir para casos de morte cerebral e que por este motivo sejam potenciais dadores de orgãos para transplante. Analisar e filtrar todos os TACs craneo-encefálicos realizados no HFF, reduzindo as hipóteses de perda de possíveis dadores, o que não seria possível apenas com os recursos humanos do hospital. Resultados Em 2016 foram acompanhados 125 casos de vítimas de lesões neurológicas graves, das quais 90,4% foram identificadas pelo DonorNow. O número de referenciações feitas fora da ferramenta informática (apenas referenciadas pelos profissionais) foi de 12 (9.6% dos casos avaliados). Sete das situações sinalizadas pelo Donor Now também foram referenciadas pelos profissionais. O que significa que, se não existisse este software, apenas 19 casos seriam referenciados por indicação de profissionais de saúde, o que corresponde a 15,2% dos casos totais identificados em 2016. Do total de casos de lesões neurológicas graves avaliados e acompanhados em 2016, nove evoluíram para morte cerebral (com provas devidamente efetuadas), dos quais sete (78%) foram identificados pelo Donor Now; Destes nove casos de morte cerebral, sete foram efetivados como dadores. Métricas O HFF serve duas cidades com +700.000 habitantes. Total urgências do HFF em 2016: 272.832. Total de tacs craneo-encefálicos em 2016: 12.765. Número médio mensal de emails de alerta Donor Now: 170. Ensinamentos e Fatores Críticos de Sucesso O HFF dispõe de uma equipa interna de informática, disponível para interpretar e desenvolver uma solução para a necessidade existente do NCHD. Multi-disciplinariedade da equipa (conhecimento médico e conhecimento informático), suportado pelo espírito empreendedor e de investigação do Hospital Fernando Fonseca. Perseverança e liderança da Dra. Ana Fernandes. Evolução contínua do algoritmo, dado que o cliente do software é também co-designer do Núcleo de Coordenação Hospitalar de Doação (NCHD). Estudo base retrospectivo de relatórios médicos que permitiu analisar a frequência das expressões chave para o algoritmo em questão. Monitorização de resultados, docu- O Donor Now é um software de sinalização automática de "catástrofes neurológicas", que pretende ser um auxílio na referenciação de possíveis dadores de órgãos em portugal 2017 1.10 Saúde

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt