A Economia Digital em Portugal 2017

  • Sucesso
  • Cliente
  • Processo
  • Clientes
  • Forma
  • Economia
  • Processos
  • Projeto
  • Portugal
  • Digital

1.4.2 Seguros Maior

1.4.2 Seguros Maior cobertura do mercado, maior capacidade analítica, maior número de interações com os clientes e maior eficácia comercial da rede de agentes são as consequências imediatas da transformação digital no setor dos seguros. O desenvolvimento de um modelo de relação digital com o mercado é uma meta expectável que, de acordo com vários stakeholders, já é uma realidade sentida pelas organizações que apostaram na modernização tecnológica. Ageas Seguros Social Selling Transformação digital O Social Selling é um projeto pioneiro em Portugal, desenvolvido pela Ageas Seguros através da ferramenta Sales Navigator do Linkedin. Este projeto tem por base o aumento da presença da marca Ageas Seguros nas redes sociais, com maior foco no Facebook e Linkedin, através da criação de páginas profissionais para os mediadores e a criação de manuais explicativos com as formas de criar e gerir os perfis empresariais. Os mediadores têm apoio permanente na gestão dos conteúdos a publicar, bem como acesso a publicação dos resultados semanalmente, criação de infográficos com oportunidades de melhoria e ainda agendamento de reuniões com os diversos participantes para partilha de métodos de trabalho. O piloto deste projeto foi iniciado a 1 de janeiro de 2017, sendo os resultados dos agentes acompanhados semanalmente e discutidas formas de potenciar os resultados obtidos em cada semana.

45 a economia digital Objetivos Os principais objetivos do desenvolvimento do projeto Social Selling são o aumento da visibilidade da marca Ageas Seguros no mercado segurador, promover o negócio através das redes sociais, criar ligações com os clientes e potenciais clientes utilizando o Linkedin e o Facebook como ferramentas de marketing e de comunicação direta, gerando assim leads e novo negócio. Todo este processo passa pelo desenvolvimento das capacidades de angariação de clientes por parte dos mediadores, sendo este também um dos primeiros objetivos. Resultados Os resultados obtidos com este projeto foram superiores ao imaginado, sendo que o número de apólices novas cresceu exponencialmente desde o início do piloto até à data. O projeto teve um forte impacto na marca Ageas, tendo sido selecionado como caso de estudo pela aeSE Business School. Métricas Para a elaboração do projeto Social Selling foram criadas 32 licenças do Linkedin para o Sales Navigator para mediadores e agentes exclusivos. Este projeto teve início a 1 de janeiro e à data de 8 de junho já tinham sido contratadas 196 novas apólices e 151 novos clientes, o que resultou num incremento de 75 mil euros de volume de prémios. Ensinamentos e Fatores Críticos de Sucesso Os principais desafios encontrados ao longo do projeto foram essencialmente a integração desta atividade de social selling na rotina dos mediadores, bem como o tempo que alguns dos negócios levaram a ser concretizados. Uma vez que é um projeto pioneiro, a aprendizagem é gradual, sendo que houve necessidade de rever a forma de tratamento das leads e a forma de criação dos InMails em determinados momentos do projeto. Ainda assim, podemos concluir que é possível aumentar as vendas através das redes sociais, sendo este um bom caminho para investimento e inovação, para chegar mais eficientemente aos clientes finais. Coordenação: Joana Lourenço, Orlando Cruz e Tiago Gandara, Altran APS - Associação Portuguesa de Seguradores e-Segurnet Transformação Digital O e-Segurnet é um projeto desenvolvido pela APS, com o objetivo de substituir a tradicional daaa (Declaração Amigável de Acidente Automóvel), através da criação de uma aplicação mobile para smartphones e tablets com diferentes sistemas operativos e um portal público. Esta aplicação utiliza a georreferenciação, de forma a recolher a informação da localização do sinistro, a máquina fotográfica, para que seja possível anexar fotografias, e ainda sms e email para que os intervenientes possam validar e assinar os dados preenchidos. Atualmente, algumas seguradoras começaram a incorporar um QR Code nas cartas verdes enviadas aos clientes, que permite o preenchimento automático dos dados do veículo e do seguro. Este preenchimento poderá ser feito como pré-registo ou na altura do sinistro. Esta aplicação torna todo o processo de participação de sinistro mais célere O projeto Social Selling tem por base o aumento da presença da marca Ageas Seguros nas redes sociais, com maior foco no Facebook e Linkedin em portugal 2017 1.4.2 Serviços Financeiros – Seguros

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt