A Economia Digital em Portugal 2017

  • Sucesso
  • Cliente
  • Processo
  • Clientes
  • Forma
  • Economia
  • Processos
  • Projeto
  • Portugal
  • Digital

a economia

a economia em portugal 2017 digital 2.4 Qualificações Digitais 160 Métricas Utilizadores registados. Acessos a partir da TV Box Vodafone. Coordenação: Margarida Nápoles, Vodafone Vodafone Bright Future Inovação no Ensino Profissional também uma preparação para ingressar nos novos cursos Técnicos Superiores Profissionais nos Institutos Politécnicos e nas Licenciaturas nas áreas de Engenharia Eletrónica, Informática e Telecomunicações, caso estes alunos optem por prosseguir estudos superiores, permitindo aos futuros engenheiros terem um contacto prévio com as matérias que vão depois ser lecionadas na universidade, mantendo o contacto com a Vodafone. Através do programa Bright Future, os alunos do Ensino Secundário Profissional com vocação para a área das tecnologias obtêm diploma e a possibilidade de estagiar na Vodafone Protocolo de colaboração celebrado a 2 de julho de 2014 entre a Vodafone Portugal e o Ministério da Educação e Ciência para fornecer aos alunos do Ensino Secundário Profissional a formação, conhecimentos e instrumentos necessários para o seu desempenho no mercado de trabalho. A Vodafone acredita que o Ensino Secundário Profissional cumpre um papel fundamental na preparação de técnicos qualificados e prontos a entrar na vida profissional. Como tal, criou a iniciativa “Bright Future” para apostar nos Cursos de Gestão de Equipamentos Informáticos e Electrónica e Telecomunicações, que serão lecionados na Escola Secundária Fonseca Benevides, em Lisboa, e na Escola Secundária Fontes Pereira de Melo, no Porto. Desde 2006 está a ser feito feito um piloto com os Pupilos do Exército Lisboa). Os alunos têm de ter menos de 18 anos, o 9.º ano de escolaridade concluído e sentir a vocação para uma carreira profissional na área das tecnologias. Após três anos de curso, ficam com o 12.º ano de escolaridade e com Qualificação Profissional de Nível IV. No final, os alunos com aproveitamento ficam aptos a desenvolver atividade profissional na Vodafone nas áreas de especialização respetiva. Estes cursos de 12º ano conferem Programa: Dois anos de estágio nas instalações da Vodafone (11º e 12º anos), cada um com 330 horas; Cada turma é acompanhada por um tutor; No final do 12º ano, os alunos com aproveitamento escolar e no estágio têm oportunidade de ingressar nos parceiros da Vodafone, trabalhando diretamente com a Empresa. Objetivos Ultrapassar a crise de desemprego jovem em Portugal. Proporcionar estágios remunerados a alunos dos cursos profissionais. Formar técnicos de informática e telecomunicações com perfil “Vodafone”. Resultados Total de alunos que participaram no programa: 160 2014-2015: 37 2015-2016: 65 2016-2017: 58 Total de alunos admitidos após a conclusão do programa: 22 (alunos que se encontravam elegíveis e com aproveitamento escolar e no estágio). Coordenação: Margarida Nápoles, Vodafone

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt