A Economia Digital em Portugal 2017

  • Sucesso
  • Cliente
  • Processo
  • Clientes
  • Forma
  • Economia
  • Processos
  • Projeto
  • Portugal
  • Digital

2.4 Qualificações

2.4 Qualificações Digitais Aimportância do desenvolvimento de capacidades associadas ao pensamento computacional no combate à iliteracia digital colocou na agenda oficial a introdução de programas e ferramentas tecnológicas que trouxeram sucesso e eficiência às escolas e cursos de formação que os adotaram. A desmaterialização de processos administrativos também resultou num claro benefício para as escolas, libertando os professores para o seu core – o ensino. Agrupamento de Escolas da Trofa Transformação Digital Digital O Agrupamento de Escolas da Trofa (aet), é constituído por uma Escola Secundária, uma Escola Básica do 2.º e 3.º ciclo e 7 Escolas do Ensino Básico. O agrupamento pertence ao distrito do Porto, concelho da Trofa com a sede localizada bem no centro da cidade com o mesmo nome. O concelho da Trofa assume-se como uma área em franco processo de expansão demográfica e urbanística com uma base económica marcada pela construção civil e indústria, em especial a têxtil, que revela debilidade acentuada, e a metalomecânica. Paralelamente, ainda coexiste uma agricultura de subsistência do agregado familiar, disseminada por todo o concelho, mas não deixa também de ser notória a existência de agricultura intensiva de produção de leite e de estufas hortícolas. O concelho da Trofa apresenta-se como uma região que possui imensos recursos, moderno e capaz de responder aos desafios a que se propõe, mas que apresenta fragilidades estruturais e sociais, que urge ultrapassar. Registe-se

153 a economia digital que a crise económica atual e o consequente aumento das taxas de desemprego têm vindo a atingir a população do concelho. A necessidade de se traçar um projeto de transformação digital coincidiu com a decisão governamental de criar o aet, bem como tentar aproximar a escola à oferta, a nível tecnológico, que a sociedade disponibiliza a todos os alunos e professores. A base de lançamento do projeto partiu da premissa de que seria necessário criar um sistema fiável de comunicação entre escolas, respetivos professores, alunos, encarregados de educação e órgão de gestão. Após o levantamento das necessidades e de uma pesquisa profunda daquilo que existia no mercado, a aposta recaiu no Office 365. Este serviço, prestado pela Microsoft, foi aquele que logo à partida pareceu dar mais garantias para a prossecução dos objetivos definidos, pois não se limitava apenas a um serviço de email. Objetivos Como principais objetivos salienta-se os seguintes: Sistema eficaz de comunicação; Existência de uma única plataforma de apoio à prática educativa e de apoio à gestão; Desmaterialização de workflows manuais; Poupança de papel; Melhoria dos processos de trabalho colaborativo; Substituição das pen drives por espaço na cloud; Diminuição de investimento em sistemas on-premise (servidores, sistemas de backup...); Centralização de todas as comunicações nos órgãos de gestão; Disponibilização eficiente dos modelos de documentos em utilização. Resultados Além do serviço de email, o agrupamento passou a ter espaço na cloud para que cada utilizador pudesse colocar a sua informação, dispensando assim as pen drives. O Office 365, ao disponibilizar a plataforma Sharepoint, possibilitou a criação de um repositório de informações, apresentou-se também como um excelente suporte para o trabalho colaborativo online e acima de tudo permitiu a desmaterialização de diversos workflows, como a Gestão do Plano Anual de Atividades, a Gestão de Apoios, a Gestão de Avaliações Intercalares, a Gestão de Pedidos de Impressão, entre outros. Para além das vantagens elencadas, existe o benefício de ter uma gestão de contactos centralizada e organizada, que permite uma partilha de informação mais eficaz. Saliente-se ainda a utilização do PowerBI que facilitou, além do tratamento estatístico das informações recolhidas, a desmaterialização de processos, por exemplo a monitorização dos resultados escolares. Um trabalho complexo e que requer muita energia, que de uma forma simples tem estado acessível a todos os professores e membros do órgão de gestão para que assim possam refletir sobre esses mesmos resultados e tomar medidas antecipadamente. Importa referir que no aet todos os professores, alunos, encarregados de educação, assistentes técnicos e operacionais possuem uma conta Office 365, que lhes permite aceder aos serviços referidos anteriormente, conforme a política de permissões definidas pelo diretor. Métricas São apresentados dados entre 19/01/2017 e 18/07/2017. Ensinamentos e fatores críticos de sucesso “(…) O Agrupamento tem desenvolvido A plataforma Sharepoint, da Microsoft, revelou-se um excelente suporte para o trabalho colaborativo online no agrupamento de escolas do concelho da Trofa em portugal 2017 2.4 Qualificações Digitais

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt