A Economia Digital em Portugal 2017

  • Sucesso
  • Cliente
  • Processo
  • Clientes
  • Forma
  • Economia
  • Processos
  • Projeto
  • Portugal
  • Digital

a economia

a economia em portugal 2017 digital 2.3 Empreendedorismo Digital 140 Estudos indicam que as startups com dois a três fundadores são as que mais facilmente se conseguem impor e revelar percursos de maior sucesso hoje programas de aceleração como o Protechting da Fidelidade e Fosun, para a indústria dos seguros; o SIBS PayForward, com uma SIBS a dinamizar o futuro das startups de finanças; o The Journey, focado em soluções para o turismo, que conta com algumas das maiores empresas da indústria como o Turismo de Portugal ou o Grupo Pestana; um Smart Open Lisboa para as áreas da mobilidade e smart cities, que conta com o apoio de empresas como a PT, a Cisco, ou a Câmara Municipal de Lisboa, e muitos outros programas. Dados recentes, recolhidos pelo ‘Global Startup Ecosystem Report’, apontam no sentido de 76% das startups de Lisboa terem dois a três fundadores, o que coloca a cidade no 3º lugar mundial neste ranking em particular. E qual a relevância disto? De acordo com o mesmo estudo, as startups com dois a três fundadores são as que mais facilmente se conseguem impor, e acabam por ter percursos muito acima de qualquer outra combinação ou métrica de fundadores, o que coloca Lisboa numa boa posição quanto à taxa de sucesso das suas startups. Assim, Portugal parece estar bem colocado para ser um país de escolha para o arranque de novas startups globais, pois somos cada vez mais capazes de reter e atrair os recursos necessários para criar uma startup de alcance global. A digitalização da economia tem permitido às startups revolucionar várias indústrias, nomeadamente fintech, educação, e- commerce, medtech entre muitas outras. Neste capítulo estão reunidas as 16 melhores startups que estão a transformar a economia digital. São 16 empresas que têm vindo a crescer e que ocuparam o seu espaço no mercado, que vêem as grandes corporações como clientes e parceiros. O futuro passa por aqui. 360imprimir Fundadores: Diogo Silva, João Matias, Jorge Correia, José Salgado, Pedro Gaspar e Sérgio Vieira Elevator Pitch 1ª gráfica portuguesa online, que oferece em simultâneo serviços de marketing, impressão, design, e outros serviços complementares, como SMS Marketing. História: A 360imprimir é uma startup que nasceu em 2013 como a 1ª gráfica portuguesa online. Neste momento, além do mercado português, tem também operações em Espanha, no Brasil e no México. Conta com mais de 250.000 clientes nos quatro mercados e pretende ser uma one-stop-shop de produtos de marketing para PMEs. A empresa surgiu quando se verificou existir uma lacuna entre a procura (por parte de pequenos clientes com dificuldades em definir as suas necessidades) e a oferta (talhada para grandes produções). Para isso, a empresa apostou no desenvolvimento de uma plataforma de e-commerce focada no do-it-yourself por parte dos clientes. O negócio assenta num modelo Fabless – não tem capacidade de produção própria –, o que permite uma rápida evolução para todos os produtos físicos impressos e serviços associados. A 360imprimir procura dar resposta a empresários em nome individual (ENI) e a PMEs, no que respeita às suas estratégias de marketing. Factos e Milestones Ano de criação: 2013 # de pessoas na equipa: 120 colaboradores Investimento: € 4 Milhões # de clientes: Mais de 250.000 clientes

141 em portugal 2017 2.3 Empreendedorismo Digital a economia digital Presença Internacional: Portugal, Espanha, Brasil e México Funding Stage 10.000€ investimento inicial + fundos de Venture Capital Investidores: Sócios da empresa (10.000€), Pathena e Omnes Capital (4 Milhões de Euros) Info: Website www.360imprimir.pt Facebook https://www.facebook.com/360imprimirPT Twitter https://twitter.com/360imprimir_pt Instagram https://www.instagram.com/360imprimir_pt/ Agentifai Fundadores: Rui Lopes (CEO), Maria Costeira (CGO), Tiago Carção (Head of Technology) Elevator Pitch A Agentifai desenvolve agentes digitais com base em inteligência artificial, que permitem às marcas automatizarem o apoio ao cliente e a aquisição de leads, em vários idiomas. História Os três promotores são apaixonados por inteligência artificial e conheceramse no ecossistema da Startup Braga. A ideia surgiu pela dificuldade, ainda hoje sentida, para aceder aos serviços de saúde – a começar pela marcação de uma simples consulta. Das chamadas em espera, até à demora de confirmação (até 48 horas!), todo o processo é inconveniente, moroso e uma barreira ao acesso a um serviço crucial. O objectivo inicial da Agentifai foi construir um agente inteligente que facilitasse o acesso a serviços de saúde pela simplicidade de marcação de consultas e pelo fácil acesso a infor- Algumas startups nascidas em Portugal estão a contribuir para a transformação da economia

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt