A Economia Digital em Portugal 2017

  • Sucesso
  • Cliente
  • Processo
  • Clientes
  • Forma
  • Economia
  • Processos
  • Projeto
  • Portugal
  • Digital

a economia

a economia em portugal 2017 digital 1.11 Media 102 A indústria das telecomunicações está a convergir para um novo mundo global, onde novos players (Amazon, Netflix, etc), com uma nova abordagem ao produto, estão a ganhar espaço ótica web de produtos de televisão. A aceitação por parte dos clientes mostrou um nível de satisfação anteriormente nunca visto. A utilização aumentou substancialmente, não só em termos de número de utilizadores, mas também em tempo médio de utilização e tipos de serviços utilizados. A utilização de funcionalidades cruzadas entre Uma e NOSTV atingiu imediatamente valores na ordem dos dois dígitos, também com um nível de satisfação acima do esperado. Com o sucesso veio a responsabilidade de garantir um roadmap recheado de novidades e surpresas com valor para os clientes. A estrutura DevOps implementada permite-nos hoje ter ciclos evolutivos e corretos com sprints de três semanas, o que significa uma nova versão todos os meses para os nossos clientes. Mas a agilidade e a eficiência alcançada não se ficou por aqui. A capacidade de despiste de problemas e correção é hoje bastante superior devido às sinergias alcançadas e código compartimentado. Novas execuções para novos devices tiram partido dos mesmo serviços e User Interface, garantindo ciclos de entrega extremamente curtos. Métricas A indústria das telecomunicações está a convergir para um novo mundo global, onde novos players (Amazon, Netflix, etc), com uma nova abordagem ao produto, estão a ganhar espaço. Esse espaço está a ser alcançado através de uma estratégia assente em ciclos muito curtos de entrega que potenciam a inovação, agilidade na correção de problemas, processos e equipas com uma mentalidade “web” e pragmatismo no acesso a conteúdos e parcerias. Os operadores de telecomunicações têm de competir neste novo mundo com uma nova abordagem que deve estar assente principalmente em: Ouvir o cliente. As necessidades dos clientes estão a mudar muito rapidamente. Precisamos de ter a capacidade de ouvir o cliente, quer de uma forma direta, quer através dos KPIs de serviço, de modo a antecipar as suas necessidades, mantendo o cliente satisfeito. Os KPIs devem ser explorados ao máximo, visto serem uma janela real sobre não só os problemas do cliente, mas também sobre o que este utiliza, como utiliza e, logo, o que é por ele valorizado. Pragmatismo nas parceiras e na visão estratégica. O mundo está a mudar, assim como as necessidades, mas como em todos os processos de transformação, as constantes são a chave para uma mudança sólida. A TV passa a ser consumida em mais devices, mas continua a existir a necessidade. A personalização é uma oportunidade para conhecer melhor os clientes e assim melhorar o serviço. A complementaridade tem um enorme potencial para ser explorada e os novos players, no limite, são os “novos canais de TV”, mas o cliente ainda quer ter acesso a todos os conteúdos, com um interface fácil que facilite a descoberta e consumo. Ensinamentos e Fatores Críticos de Sucesso Agilidade na entrega de novos produtos e funcionalidades, assente sobre uma metodologia DevOps. Entregar rapidamente e também corrigir rapidamente se necessário. Maximizar a eficiência operacional, com um serviço de referência, quer na componente evolutiva, quer na componente corretiva. Maximizar a complementaridade dos seus serviços. Quer na TV, quer na voz, quer até no acesso à internet, precisamos maximizar as sinergias com os serviços de operador atualmente valorizados pelo cliente. A criação de um novo ecossistema com

103 a economia digital o melhor do “velho mundo” e o mais sensato/eficiente/deslumbrante do “novo mundo” é a chave para o futuro. Coordenação: Carlos Campos, Microsoft RTP RTP Play Digitalização dos conteúdos O RTP Play é a grande plataforma de distribuição digital de conteúdos integrais e eventos em direto da RTP. Em 2011, foi apresentado como a primeira plataforma de streaming em Portugal. Em 2014 foi lançada a aplicação RTP Play para dispositivos Android e iOS. De momento, o RTP Play conta com nove canais de TV e 15 de rádio. Objetivos Os objetivos passam por garantir a proeminência da RTP como serviço público de elevada qualidade, disponibilizando os canais lineares a todos e de forma gratuita, indo ao encontro dos utilizadores através das plataformas digitais. A RTP procura uma melhoria contínua do RTP Play com melhor usabilidade, módulos de subscrição, CRM, indexação e personalização de oferta. A RTP tenta também estabelecer um standard de online first, através da antestreia de todos os episódios no RTP Play. O objetivo passa por melhorar os workflows e acelerar a transformação digital, inovar através de emissões dos bastidores e VR360 e fazer o acompanhamento digital de grandes eventos através de sistemas multicanal. Resultados 1 2011 Pontos de Acesso Únicos 2 (1.7M) | Mobile (1%) | Portugal (56%) | Canais TV (7) | Canais Rádio (14) 2016 Pontos de Acesso Únicos (7.6M) | Mobile (13%) | Portugal (59%) | Canais TV (9) | Canais Rádio (15) Métricas 1 Como serviço público, o maior objetivo da RTP passa por chegar ao público de forma eficiente, acompanhando as tendências inovadoras do mercado, mantendo a relevância junto de faixas etárias mais novas e chegando à diáspora portuguesa. Distribuição de pontos de acesso únicos em 2016 (excluindo Portugal). RU (350mil) | França (440mil) | EUA (244mil) | Suiça (230mil) | Alemanha (196mil) | Outros (320mil). A RTP procura um aumento no número de utilizadores através de dispositivos mobile, acompanhando a evolução do tipo de consumo junto de público mais jovem: 2.6M pontos de acesso únicos via smartphone | 900mil pontos de acesso únicos via tablet. A RTP pretende aumentar o número de conteúdos disponibilizados e exclusivos tais como eventos ao vivo (NOS Alive, eleições em formato multicanal, transmissões desportivas multicâmara (Europeu e Mundial) e transmissões exclusivas online de ciclismo) e web series. Ensinamentos e Fatores Críticos de Sucesso 3 Perceção do cumprimento da missão de serviço público da RTP: 54% dos inquiridos considera que a RTP tem conteúdo "para todos os portugueses"; 23% dos portugueses no estrangeiro têm contacto com o site da RTP uma vez por semana; O RTP Play é a grande plataforma de distribuição digital de conteúdos integrais e eventos em direto da RTP, contando com nove canais de TV e 15 de rádio em portugal 2017 1.11 Media

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt