Views
1 year ago

A Economia Digital em Portugal 2016

  • Text
  • Crescimento
  • Maior
  • Digitais
  • Forma
  • Setor
  • Dados
  • Economia
  • Empresas
  • Portugal
  • Digital

4.7 teleComunicações

4.7 teleComunicações Aforça da indústria é demonstrada pelo valor do mercado global dos serviços de telecomunicações (2015) que se situou nos 1.112 mil milhões de euros. Prevê-se que o setor continue a evoluir, evidenciando uma CAGR crescente na casa dos 2%, chegando em 2019 aos 1.195 mil milhões de euros. Este crescimento contínuo, evidenciado pelo valor do mercado global das telecomunicações, está diretamente relacionado com a alteração dos hábitos de consumo no que diz respeito às telecomunicações e à utilização de dispositivos de comunicação. Ao longo dos últimos anos este setor sofreu transformações cada vez mais rápidas e de maior amplitude. Um exemplo disso é o número de cibernautas – em 1995 era de 35 milhões a nível mundial e hoje de cerca de 3 mil milhões, o que corresponde aproximadamente a 40% da população global. Outro exemplo da transformação do setor prende-se com a utilização de serviços móveis, existindo mais de 7,6 mil milhões de conexões (pertencentes a 4,7 mil milhões de utilizadores), sendo que mais de mil milhões já têm acesso de banda larga 4G (tecnologia disponível em 151 países do mundo). A evolução tecnológica e a contínua adaptação das características dos telefones às necessidades dos consumidores permitiram que, hoje, três em cada quatro pessoas tenham um telefone móvel e que aproximadamente 55% dos acessos à internet sejam realizados através de smartphones ou tablets. O mercado nacional acompanha as tendências mundiais. As telecomunicações constituem o segmento mais importante do setor das tecnologias de informação e comunicação (TIC), que abrange também as indústrias de hardware, de software e ainda outras TIC. Em termos de volume de negócios, o setor gerou 5.586 M€ em 2014, o correspondente a

85 a economia digital em portugal 2016 4.7 Telecomunicações 2,4% do PIB, valor que sofreu uma contração de 8% face a 2013. A queda do volume de negócios é em grande parte explicada pelo aumento da concorrência e consequente queda generalizada de preços, levando assim a uma redução ARPU e, desta forma, a uma diminuição da receita. Contudo, a percentagem do EBITDA tem vindo a subir nas empresas do setor, o que revela maior eficiência e transformação na cadeia de valor. No que respeita à dimensão do ecossistema das telecomunicações nacional, o setor é composto por 1.159 empresas com 15.118 colaboradores, sendo que mais de 75% dos colaboradores e 88% do volume de negócios do setor dizem respeito à atividade de uma dezena de empresas de grande dimensão. Ainda assim, é importante referir que estes valores correspondem apenas às empresas registadas na indústria de telecomunicações e não todos os setores que, de alguma forma, contribuem para a cadeia de valor desta indústria, que depende fortemente de prestadores de serviços, em diversas áreas como a instalação, o atendimento ou o suporte operacional, que poderá ascender a um rácio de seis vezes o número de pessoas diretamente afetas à indústria. O setor das telecomunicações tem sido fundamental para o processo de digitalização de todos os outros setores. Ainda que esta digitalização seja sobretudo para melhorar a experiência do cliente, as empresas estão também a estender A transformação digital melhora a experiência do cliente e traduz-se em poupanças operacionais

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt