Views
1 year ago

A Economia Digital em Portugal 2016

  • Text
  • Crescimento
  • Maior
  • Digitais
  • Forma
  • Setor
  • Dados
  • Economia
  • Empresas
  • Portugal
  • Digital

4.5 energia 1 Eurostat

4.5 energia 1 Eurostat Statistics Explained, Produção e importação de energia, dados extraídos em maio de 2015 2 União Europeia – Domínios de intervenção da UE – Energia (www. europa.eu) 3 http://ctsu. pt/pt/comunicacoes/ noticias/ novo-regulamento-europeu-de-protecao-de-dados -pessoais/ AUnião Europeia é responsável pelo consumo de um quinto da energia produzida a nível mundial, sendo fortemente dependente do exterior, em aproximadamente 50% 1 . O setor energético europeu enfrenta hoje um conjunto de desafios estruturantes 2 , nomeadamente a procura crescente de energia, preços voláteis (derivados, em parte, da flutuação do preço do petróleo), metas regulatórias exigentes, e obrigatoriedade de transição para fontes de energia renovável. Em Portugal, estes e outros desafios podem ser materializados em três tópicos principais: Regulação económica Concluída em 2006, a liberalização do mercado em Portugal permitiu que todos os consumidores passassem a escolher livremente o seu fornecedor de energia elétrica. Associado à liberalização surgiu um maior envolvimento dos consumidores, o que veio exigir da regulação económica um papel essencial na definição de tarifas, operação, acessos às redes e metas de qualidade dos serviços. Um dos principais desafios regulatórios recentes é a garantia da segurança e privacidade dos dados do consumidor. Por esta razão, em 2016, entrou em vigor o novo Regulamento Europeu em matéria de Proteção de Dados Pessoais 3 , com aplicabilidade direta em toda a UE, tanto em entidades públicas como privadas.

73 a economia digital em portugal 2016 4.5 Energia Pretende-se que os cidadãos europeus tenham controlo efetivo dos seus dados pessoais, dando-lhes nomeadamente o direito de solicitar a eliminação dos mesmos e a sua portabilidade, e obrigando os responsáveis a fornecer informações transparentes e de fácil acesso. Força de trabalho Um dos pontos de atenção da gestão no setor elétrico prende-se com o envelhecimento da sua força de trabalho e a necessidade de retenção de conhecimento nas organizações. Diversos estudos sobre esta temática apontam para que uma percentagem significativa da força de trabalho neste setor, aproximadamente 50% 4 , esteja em risco de se reformar durante os próximos dez anos. Boa parte desta força de trabalho é composta por técnicos e engenheiros especializados, cujo know -how é vital para os planos de expansão da capacidade de produção de energia e para manter um nível elevado da qualidade de serviço ao cliente. Esta realidade levanta desafios transversais nas organizações a dois níveis: Renovação da força de trabalho e captação de novos talentos com novas competências, em concorrência direta com outros setores de atividade; Implementação de estratégias, processos e plataformas tecnológicas colaborativas que facilitem e reforcem a Gestão do Conhecimento dentro das organizações. Situação geopolítica Em 2015, no âmbito da Cimeira de Madrid, os operadores das redes de transporte de Portugal, Espanha e França assinaram um acordo tripartido, onde estabeleceram um conjunto de objetivos estratégicos para o desenvolvimento das interligações de eletricidade e gás. A Em 2013, de acordo com o Climate Change Performance Index, Portugal foi considerado o terceiro melhor país do mundo em política climática 4 Swartz, Kristi E. 25 Dec. 2012. “Southern Co., utilities recruit early to replace retirees.”

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt