Views
1 year ago

46 - 29º Digital Business Congress | The Future of Business

  • Text
  • Novas
  • Congresso
  • Realidade
  • Mundo
  • Empresas
  • Grande
  • Ainda
  • Tecnologia
  • Forma
  • Digital
20, 21 Novembro | CCB

29º

29º Digital Business Congress Jorge Graça CTO, NOS “Disponibilizar o 5G enquanto tecnologia é a parte mais simples do processo, porque a componente técnica está garantida. Onde falta conhecimento na discussão do 5G é nos novos serviços e é aqui que está o atraso. As novas funcionalidades não estão a ser debatidas, conhecidas e preparadas” “Sempre que houver oportunidade de partilha de infraestruturas, deve ser aproveitada. Somos uma referência e um exemplo que pode ser usado noutros países, porque conseguimos arranjar modelos que faziam sentido para as nossas necessidades “A partir do momento em que se define um desígnio nacional e se criam as condições políticas para conseguirmos criar um projeto bem-sucedido, a probabilidade de sucesso é maior” Luís Alveirinho CTO, Altice “Quando falamos em atraso temos de ter noção do momento tecnológico. Temos tecnologia disponível, know-how, clientes expectantes e previsões positivas. Mas não estão criadas as condições para os operadores lançarem esse tipo de serviços, que vão inegavelmente melhorar a qualidade de vida das pessoas e o negócio das empresas” “Somos contra o roaming nacional, porque somos um país relativamente pequeno. A questão surgiu na sequência dos incêndios de 2017 e tinha um objetivo específico. Mas transportá-la para a rede nacional cria um conjunto de questões que tem de ser bem avaliado, como o impacto no dimensionamento da rede” “Estamos abertos a avaliar as partilhas. Olhamos muito para a partilha na ótica dos custos, mas existem outras vertentes. O modelo de coinvestimento funcionou muito bem no passado e pode ser agora explorado. Aliás, é um modelo que tem eco noutros países”

31 INNOVATION TALKs THE FUTURE OF HUMANITY IN A TECH WORLD HOW EDGE COMPUTING CAN POWER NEXT MOBILE INTERNET ECONOMY Ananya Chadha Geneticist | ML/AI Developer | Blockchain Engineer | Lifelong Learner “Vamos ter de aumentar a inteligência humana para fazer frente aos múltiplos desafios que temos pela frente. E isso só poderá ser possível com os computadores. A tecnologia tem capacidade para desenvolver as capacidades humanas, através de implantes cerebrais, trazendo-nos novos conhecimentos e skills” “No futuro, poderemos redefinir o que é ser humano. A tecnologia tem muito potencial e está realmente a mover-se muito rápido, com utilizações em todas as áreas, e a redefinir completamente a forma como vivemos. Mas há muitas dúvidas a que há que dar resposta. Poderá o cérebro ser atacado por um hacker?” “O mundo está a mudar muito depressa e as tecnologias estão a desenvolver-se a curvas exponenciais. Hoje, há tecnologias para todas as áreas e podemos aprender tudo. O conhecimento é muito poderoso e é a única forma de avançar é aprender, porque tudo está a ser revolucionalizado” Shamik Mishra Assistant Vice President for Research & Innovation, Altran “Com o edge computing será possível estar muito mais perto da ação, ganhando capacidade de resposta e reduzindo custos. É o mais importante elemento para um operador monetizar a rede de 5G e permite maior qualidade de experiência na realidade aumentada e virtual” “Conseguir novas fontes de rendimentos, redução de custos, maior produtividade e eficiência operacional são os drivers para a adoção das soluções edge computing. Hoje, faz cada vez faz mais sentido fazer as coisas localmente” “Operadores, empresas, produtores de devices e developers de aplicações são os stakeholders do edge computing. São eles que vão permitir ter aplicações nativas, com a convergência entre a baixa latência, IA e a próxima geração de devices”

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt