Views
1 year ago

31 - Digital Business Dinner Reservado

  • Text
  • Partilha
  • Encontrar
  • Empresas
  • Guilherme
  • Ideias
  • Reservado
  • Mobilidade
  • Investimento
  • Digital
  • Novas
Guilherme W. d'Oliveira Martins Secretário de Estado das Infraestruturas 19 março 2018 | Ritz Four Seasons Hotel | Lisboa

DIGITAL BUSINESS DINNER

DIGITAL BUSINESS DINNER RESERVADO “Contamos com as empresas para sermos desafiados e surpreendidos” Desenhar o mundo para as próximas gerações implica colaboração, parcerias, investimento e estratégia. Entre os maiores desafios estão os dossiers do 5G e da mobilidade sustentável e o Executivo espera das empresas novas ideias, ações inovadoras e projetos de transformação digital. “Estamos totalmente disponíveis para, em conjunto, encontrarmos soluções para o país”, garante o secretário de Estado das Infraestruturas. Contamos com as empresas para nos desafiar e surpreender. A mensagem é de Guilherme W. d’Oliveira Martins, o orador convidado do mais recente Digital Business Dinner Reservado, cujo objetivo foi encontrar novas formas de colaboração e de estreitamento de relações, no âmbito das políticas de modernização e de digitalização que estão a ser desenvolvidas pelo Executivo. Este jantar reservado reuniu os líderes das principais empresas das TIC e Media do mercado nacional para uma troca de ideias, de partilha e de reforço da aproximação ao setor público. Em plena era da digitalização, com tendências como a IoT, inteligência artificial (AI), mobilidade, smart cities, smart jobs e os smart cars, o futuro terá obrigatoriamente que passar pela nova geração móvel, o 5G. Só esta tecnologia terá capacidade para responder “aos desafios tecnológicos próprios do século XXI e abrir um conjunto de novas oportunidades, com novos serviços, maiores velocidades e níveis de qualidade”, referiu o secretário de Estado. “O futuro imediato será o 5G. O que pergunto é o porquê de tanta agitação em torno desta tecnologia por parte dos operadores”, questiona, destacando o facto de se porem em causa os investimentos, quando a nova geração móvel vai de encontro às crescentes necessidades de largura de banda e proporciona novas soluções inovadoras de AI, conetividade e M2M, assim como aplicações para áreas específicas, com impactos positivos muito grandes. “Muitas vezes quando falamos no 5G, olhamos

O secretário de Estado das Infraestruturas destacou neste encontro, que decorreu a 15 de março, a importância de encontrar formas de coinvestimento, para garantir o arranque atempado da 5ª geração móvel, numa estratégia coordenada com os timings europeus 3

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt