Views
1 year ago

3 - Executive Breakfast | Transportes um Setor em Mudança

  • Text
  • Ativos
  • Modelo
  • Infraestruturas
  • Novos
  • Necessidades
  • Sistema
  • Mobilidade
  • Desafio
  • Setor
  • Transportes
05 Maio 2015 | 08h30 Ritz Four Seasons

EM DEBATE TRANSPORTES:

EM DEBATE TRANSPORTES: INOVAÇÃO É APOSTA PARA GARANTIR FUTURO Os transportes estão em profunda mudança. Por exigências de conjuntura e de mercado. Cada vez mais centrado no cliente e nas suas necessidades, o setor terá que se ajustar a novos conceitos de mobilidade e a uma nova realidade. Sabendo como rentabilizar os ativos de forma inteligente. A inovação assume-se como uma grande aposta e as TIC como uma ferramenta essencial neste processo. Internet das coisas, sensorização, big data ou cloud são hoje apostas de todos os players para conseguir ter novos modelos de gestão e novas ofertas diferenciadoras. Através da aposta em verdadeiras parcerias com os seus fornecedores de tecnologia. No Executive Breakfast APDC sobre “Transportes: um setor em convergência”, que reuniu os principais players do setor, foram abordadas as grandes tendências, como o foco no utilizador, a necessidade de gestão e otimização dos ativos, a crescente virtualização e a integração em sistemas de mobilidade para garantir cidades inteligente. Estes eram já desafios identificados no estudo “Tendências”, da APDC, cuja análise se centrou nas infraestruturas de transportes e nos operadores de transportes coletivos. O crescimento da população mundial assumese como a grande tendência nos Transportes, colocando uma pressão acrescida sobre o setor. Já é hoje visível o aumento do número de passageiros em todos os tipos de transportes. Mike Greenan, Rail and Transport Infrastructure Director da ALTRAN

3 Sessão de Debate “Transportes: um Setor em Mudança” Mas a pressão vai aumentar, estimando-se que em 2020, em média cerca de 60% da população viverá nas cidades. O desafio é pensar como construir uma infraestrutura gerível para tanta gente, destaca Mike Greenan, Rail and Transport Infrastructure Director da Altran e Key-note Speaker desta iniciativa. Para este responsável, que apresentou o tema “Transports: Trends and Challenges - Opportunity for Innovation”, há que “construir ativos físicos cada vez mais eficientes, fornecer melhor conetividade e gerar mais dados a partir dos seus ativos”, o que se traduz num grande desafio para todos os protagonistas. Especialmente tendo e conta as dificuldades atuais na gestão do sistema e do tráfego. Mas esta é uma oportunidade para a inovação. Especialmente por via de aposta na utilização inteligente dos dados que são gerados, tanto pelos ativos dos operadores de transportes como pelos passageiros e pelos seus dispositivos. São dados que podem ser analisados e convertidos em informação útil para usar na transformação do sistema de transportes num sistema ultraeficiente, criando-se nomeadamente novos sistemas mais complexos e sustentáveis. A área da bilhética é uma das apostas mais óbvias. “Hoje, só olhamos apenas para uma pequena parte dos dados produzidos. Mas no futuro, teremos que olhar cada vez mais para eles e saber como os usar para melhorar o sistema”, refere o orador, destacando que a dificuldade está em gerir este sistema, cada vez mais complexo. Um sistema que exige uma “nova forma de pensar para sabermos como gerir melhor o setor” e uma “nova forma de pensar a infraestrutura” e onde o potencial de inovação é enorme, tanto para os operadores de transportes como para as empresas TIC. ACELERAR DESENVOLVIMENTO ATRAVÉS DAS TIC Mas como estão os operadores a olhar para o mercado? E como vêm o futuro? Num debate moderado por Bruno Casadinho, da Altran, onde estiveram presentes líderes dos operadores de infraestruturas e de transportes, o debate foi aceso em torno da necessidade de mudança, das tendências dominantes e do papel das TIC no

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt