Views
1 year ago

29º Digital Business Congress

  • Text
  • Plataforma
  • Congresso
  • Portugal
  • Ainda
  • Nova
  • Empresa
  • Empresas
  • Rede
  • Tecnologia
  • Digital
Congresso APDC 2019

O MUNDO FALA DE 5G. NA

O MUNDO FALA DE 5G. NA ERICSSON ESTAMOS A IMPLEMENTAR. MINSAIT BLINDA OS SEUS CLIENTES FACE À FRAUDE ONLINE A Minsait, empresa da Indra, desenvolveu uma solução de cibersegurança de última geração para deteção de fraudes em operações de pagamento e transferências online. Esta multiplica os níveis de proteção, graças à aplicação de técnicas pioneiras de IA que são capazes de replicar os procedimentos e a forma de trabalhar de analistas bancários especializados. A solução Onesait Behavior Fraud estabelece controlos bastante superiores aos oferecidos pelas ferramentas antifraude utilizadas até ao momento. Deteta, por exemplo, compras suspeitas com cartões, levantamento de fundos recorrendo ao roubo de identidade do cliente, transferências e venda de ativos financeiros sem autorização. E aplica técnicas de aprendizagem automática e machine learning, que garantem a deteção da fraude, mesmo quando os atacantes utilizam novas técnicas. A chave reside num algoritmo capaz de reproduzir e automatizar os procedimentos complexos de análise utilizados pelos analistas antifraude dos bancos. O objetivo final da solução é apoiar o trabalho destes especialistas, que têm de enfrentar um número crescente de operações online que são executadas a uma velocidade enorme. Soma-se uma regulamentação cada vez mais exigente e o risco de sofrer multas avultadas, que aumentam a pressão. A Onesait Behavior Fraud encarrega-se de construir perfis individuais de cada cliente e processa grandes quantidades de informação sobre a sua atividade para analisar cada operação que realiza e verificá-la. Desta forma, consegue identificar desde cedo qualquer desvio do comportamento habitual, com uma visão omnicanal do cliente. Faz alguns meses que a tecnologia 5G tem vindo a ser alvo de notícia, ultrapassando os limites do debate no setor tecnológico. O seu enorme potencial económico e social tem feito que, nos dias de hoje, o 5G seja tema de conversa em muitos fóruns e entre todo o tipo de audiências. Estamos no limiar de uma mudança tecnológica global, que abre as portas a novas oportunidades, novas eficiências e novos modelos de negócio, para além da indústria tecnológica. O 5G vai ser uma mudança para a nossa sociedade. Calcula-se que em 2024 o 5G irá cobrir, aproximadamente, 65% da população mundial. O tráfico de dados móveis irá multiplicar-se por cinco e as redes 5G irão transportar 25% de todos os dados. Para além disso, aproximadamente 30% dos contratos de telemóvel na Europa serão de 5G. Em pouco tempo iremos falar com robôs, carros, contentores de expedição, campos agrícolas e sistemas de tráfico, todos eles conectados. Está comprovado que o 5G é a tecnologia chave na crescente digitalização da indústria. Ainda que haja muito por descobrir a exploração sobre o seu potencial acaba agora de começar. A tecnologia 5G oferece enormes possibilidades. Sabemos que o 5G terá um impacto positivo na vida das pessoas e das empresas. Irá obter benefícios mais além em baixa latência, o IoT da quarta revolução industrial. Muitos destes benefícios ainda não os conhecemos, mas na Ericsson estamos convencidos do potencial da tecnologia, do trabalho realizado e do caminho que iniciámos há muito tempo, que é o adequado para avançarmos e ajudarmos os nossos clientes, empresas e a sociedade a melhorar graças às novas tecnologias. 6 ALTRAN INVESTE NA CRIAÇÃO DE LABORATÓRIO DE 5G A Altran, líder mundial em serviços de engenharia e R&D, prepara-se para abrir o seu primeiro laboratório de 5G, do Fundão para o mundo. Trata-se de uma aposta da multinacional de origem francesa, que pretende investir significativamente nesta tecnologia, enquanto ativo essencial, para oferecer um ambiente completo de teste e validação do 5G, aprimorando a sua oferta e desbloqueando o acesso a mercados ainda inexplorados. Tendo em conta que o 5G é a uma plataforma de conexão omnipresente, que interliga diversas tecnologias da comunicação, humanos e máquinas e que os sistemas 5G que interligam pequenos objetos têm impulsionado a distribuição de funções cognitivas onde 7LOG FORNECE SOLUÇÕES INOVADORAS E ABRANGENTES se inclui as capacidades de IA, os analistas preveem que o 5G seja o combustível que irá impulsionar a revolução digital e quebrar as cadeias de valor tradicionais e ecossistemas em todas os setores verticais, não apenas no setor das comunicações. Apesar da exploração comercial, já desencadeada em muitos países, há ainda um trabalho muito significativo a ser feito na especificação, regulamentação, experimentação, desenvolvimento e implementação, até que esta tecnologia possa ser explorada em detalhe. A próxima geração das comunicações moveis irá aprimorar os cenários atuais de uso e irá expandir-se significativamente no setor de negócios. Com mais de 20 anos de experiência na implementação de sistemas de informação, a 7Log está apostada em fornecer soluções inovadoras e abrangentes para as necessidades dos clientes. Sendo Parceiro Certificado da Primavera Business Software Solutions, tem uma vasta experiência em sistemas de informação, tendo implementado projetos em Portugal, Cabo Verde e Angola. A preocupação constante com a qualidade é um dos fatores de sucesso nos projetos implementados. TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DA SIBS EM CASE STUDY DA GARTNER O projeto de transformação digital da SIBS, iniciado em 2015, foi distinguido no case study da Gartner “Transformation That Accelerates Digital Innovation”, pela sua abrangência e resultados alcançados. Com o objetivo de tornar a SIBS numa empresa mais moderna, inovadora e ágil, o projeto a três anos incluiu alterações significativas na cultura da empresa, nos processos e na infraestrutura tecnológica. Sob a égide de uma nova liderança, a SIBS conduziu um plano de transformação abrangente e ambicioso, que se revelou bem-sucedido, e que permitiu concluir a melhoria dos sistemas core, através de uma nova plataforma multi-site e a criação de um campo fértil para a inovação. Mais de 55 novas soluções e produtos inovadores foram lançados desde 2015: MB WAY, nova gateway de pagamentos digitais, soluções POS mobile, nova plataforma de open banking SIBS API Market, pagamentos instantâneos e serviços sofisticados e inteligentes de prevenção e combate à fraude. GALP INVESTE EM PROJETOS PARA A TRANSIÇÃO ENERGÉTICA A Galp apresentou uma atualização da sua estratégia de investimento para os próximos anos, reforçando os valores de investimento a aplicar em projetos que promovam a transição para um modelo energético de menor intensidade carbónica. Em termos concretos, o investimento anual médio líquido previsto até 2022 situa-se entre mil milhões e 1,2 mil milhões de euros, sendo mais de 40% serão dedicados à captura de oportunidades relacionadas com a transição energética. Estas incluem o aumento do peso do gás natural no mix de produção e o desenvolvimento de um negócio competitivo de geração de eletricidade através de fontes renováveis. Segundo o seu CEO, Carlos Gomes da Silva, “estamos a preparar a Galp para o seu próximo ciclo de crescimento, em que seremos parte ativa da transição energética. Vamos promover soluções económica e ambientalmente sustentáveis, mantendo o compromisso de uma atuação socialmente responsável que não deixe de assegurar o crescimento de longo-prazo, a disciplina financeira e o retorno acionista”. Neste novo ciclo, a transformação digital terá um papel relevante. A energética está a olhar para ‘machine learning’ e ‘deep learning’, além de IoT, como forma de acrescentar valor às suas operações e processos. PARCEIRO GLOBAL DE SOLUÇÕES PARA O LOCAL DE TRABALHO www.lyreco.pt - 808 206 070

AXIANS PORTUGAL ENTRA NO “CAMPEONATO” DO QATAR A Axians Portugal está a apoiar o Kahramaa, companhia estatal de eletricidade e água do Qatar, na otimização da rede de telecomunicações que interliga as cerca de 460 subestações e que suporta a distribuição de energia e água do país. Esta rede “alimenta” toda a infraestrutura que dará suporte ao Qatar e aos vários eventos internacionais programados para este país do Médio Oriente (como os mundiais de Atletismo em 2019 e o Mundial de Futebol de 2022) e que exigem quantidades massivas de energia em pontos-chave, como estádios, shoppings e transportes, entre outros. A Axians, em parceria com a Cisco, garante assim a responsabilidade global sobre a arquitetura, execução e manutenção do mesmo. “A conquista deste projeto é mais um reconhecimento da competência das nossas equipas de engenharia e um marco para a nossa empresa, que assim entra, pela primeira vez, no perímetro do Médio Oriente. Representa, por isso, mais um importante passo no processo de internacionalização da nossa atividade a partir de Portugal, onde temos tido a oportunidade de testar soluções e desenvolver conhecimentos, que agora levamos a outras geografias”, refere Fernando Rodrigues, Diretor Executivo da Axians Portugal. HPE DISPONIBILIZA PORTEFÓLIO EM MODELO “AS A SERVICE” ATÉ 2022 A Hewlett Packard Enterprise (HPE) vai transformar-se numa empresa “as a Service” até 2022. O plano da tecnológica passa pelo compromisso de passar a oferecer aos seus clientes a opção de adquirem todas as ofertas do seu portefólio num modelo de consumo “pago por uso”, como um serviço. A empresa continuará a fornecer o seu hardware e software no modelo de compra tradicional (CAPEX/OPEX/licenciamento), mas os clientes poderão ter a escolha sobre o modelo de consumo de TI que mais se adequa às suas necessidades, em toda a oferta da HPE. Assente em mais de uma década de liderança numa solução pioneira de modelo de TI on-premisses consumidas como um serviço – o HPE GreenLake, a HPE continuará a apostar no seu desenvolvimento e na sua expansão para múltiplas tecnologias, segmentos e utilizações. ESTUDO ACCENTURE: TECNOLOGIA GERA MAIS CRESCIMENTO O investimento e a adoção de ferramentas tecnológicas permitem às empresas aumentar significativamente as suas receitas, graças a um desempenho com muito maior valor acrescentado. A conclusão é do mais recente estudo da Accenture, que analisou mais de 8.300 empresas e revelou dados que relacionam a adoção de tecnologia com o crescimento económico. O “Full Value. Full Stop. How to scale innovation and achieve full value with Future Systems” analisou mais de 20 indústrias em 20 países, dando insights sobre como dar o próximo passo em inovação e alcançar o valor total dos investimentos tecnológicos. A análise foi desenvolvida para ajudar as empresas a compreender e eliminar o fosso da conquista da inovação, isto é, a diferença entre o valor potencial e concretizado dos investimentos em tecnologia. Trata-se da maior investigação da Accenture sobre TI a nível empresarial e inclui análises a tecnologias emergentes e já maduras, como IA, blockchain e extended reality. O estudo avaliou as empresas em três dimensões - adoção de tecnologia, profundidade nessa adoção e mentalidade organizacional e cultural – definindo as “Leaders” (10% do topo) e as “Laggards” (25% da base). Analisando os indicadores de desempenho entre 2015 e 2023 (projeções), constata-se que as receitas das “Leaders” crescem duas vezes mais rápido do que as “Laggards”, que foram responsáveis por 15% da receita anual perdida em 2018, podendo vir a perder 46% das receitas geradas até 2023, se não mudarem a sua abordagem à tecnologia empresarial. As “Laggards” estão a implementar tecnologia em compartimentos, sem uma estratégia de escala, vendo apenas benefícios esporádicos. Já as “Leaders” estão a investir em sistemas sem fronteiras, adaptáveis e radicalmente humanos para maximizar a inovação, o desempenho dos negócios e o valor. ALTICE: PARCEIRO TECNOLÓGICO DA WEB SUMMIT 2019 Pelo 4º ano consecutivo, a Altice Portugal voltou a ser o parceiro tecnológico da Web Summit, assegurando todas as redes e comunicações do maior evento de tecnologia da Europa. Na edição que agora terminou, a novidade que reforçou o posicionamento o grupo na inovação e na vanguarda tecnológica foi a cobertura total 5G da Altice Arena, que se tornou desta forma a primeira arena no mercado nacional e uma das primeiras ao nível europeu com esta tecnologia. Nos 4 dias do evento, foi possível a quem tivesse um terminal 5G ligar-se dentro do Altice Arena a uma rede do futuro, experimentando a rapidez e a menor latência nas comunicações. Ao abrigo dos testes de validação da tecnologia, a Altice procedeu à instalação de antenas e equipamentos de rede avançados 5G da Huawei. Com estes equipamentos, foi ainda realizada a primeira videochamada nacional utilizando rede 5G entre duas estações localizadas em pontos diferentes: Picoas e o Altice Arena. Esta ligação de alta qualidade assentou na elevada performance do 5G e na rede de fibra do MEO, para o transporte de dados de tráfego. Foi ainda reforçada a cobertura 4,5G na Altice Arena e na FIL, a que acresceu mais 44km de cabo de rede UTP e 3km de fibra ótica. Desde a vinda da Web Summit para Lisboa que a Altice Portugal tem garantido as condições tecnológicas e de conetividade do evento. O grupo fez ainda a transmissão das sessões de todos os palcos, em exclusivo na TV do MEO, permitindo que aos clientes assistir ao evento, em casa, através do serviço de televisão, via APP TV exclusiva. E assinou com a Altice Arena a renovação da sua parceria por mais dez anos, dando naming e garantindo tecnologia 5G à maior sala de espetáculos do país e uma das dez maiores da Europa. TV GRATUITA POR TDT: MIGRAÇÃO ATÉ 30 DE JUNHO DE 2020 O processo de migração da TDT começa a partir da 3ª semana de janeiro e decorre a 30 de junho. Neste âmbito, decorre já a 27 de novembro a alteração do emissor de Odivelas Centro. Quem vive nas freguesias de Santa Clara, Carnide e Lumiar (Lisboa), na Encosta do Sol (Amadora) e no concelho de Odivelas poderá ficar sem imagem na televisão. Mas não há razão para alarme. Se o écran da televisão ficar negro, apenas terá de a sintonizar, recorrendo ao comando da televisão ou da box de TDT. Não será necessário reorientar a antena de receção (os emissores vão ficar no mesmo sítio), nem trocar a televisão ou o descodificador TDT (box). Também ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga (pacotes de televisão), pois todas as pessoas poderão continuar a ver televisão gratuita. É importante que as pessoas que veem televisão gratuita através de TDT estejam atentas e denunciem situações em que alguém lhes tente vender equipamentos ou lhes queiram vender serviços de televisão paga, com o argumento fraudulento de que isso é necessário face à próxima mudança de frequências da TDT. Depois do emissor de Odivelas Centro, serão alterados os restantes emissores da rede de TDT espalhados pelo País, entre a 3ª semana de janeiro e 30 de junho. 7 PARCEIRO GLOBAL DE SOLUÇÕES PARA O LOCAL DE TRABALHO www.lyreco.pt - 808 206 070

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt