28 - 27º Digital Business Congress | Economia e Cidadania Digitais

  • Mercado
  • Mundo
  • Novos
  • Ainda
  • Portugal
  • Tecnologia
  • Grande
  • Forma
  • Empresas
  • Digital
Casos de Transformação Digital Set 2017

27º

27º Digital Business Congress 27 setembro 2017 SESSÃO DE ABERTURA Rogério Carapuça Presidente APDC “A revolução digital é mais rápida e caótica e promove transferências de valor de enorme dimensão. Embora recente, já gerou empresas mais poderosas do que muitos estados” “A economia portuguesa representa apenas um quarto do valor da Apple. E a economia alemã vale um pouco mais que quatro Apple’s. No mundo digital, as maiores comunidades são as redes sociais, com o Facebook à cabeça” “Nada ficará como antes com a revolução digital, que está a criar uma nova ordem mundial, com a destruição massiva de postos de trabalho e a criação de novos, para pessoas muito mais qualificadas. Há uma mudança da natureza do trabalho e a única forma de reagir é qualificar para o digital, com sentido de urgência” Maria Manuel Leitão Marques Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa “Temas como a inteligência artificial, o blockchain ou o data science trazem muitas questões e pressões ao setor público. Na AP, fazer bem o que sempre fez já não é opção. Os caminhos são vários, a escolha não é óbvia e os recursos são escassos, mas a pressão para sermos inovadores tornou-se muito maior” “Temos vários desafios a ultrapassar. Como a escassez de competências que temos no digital, a excessiva compartimentação e isolamento dentro da AP, o modo como desenhamos os novos serviços digitais, a adoção de inovações tecnológicas e desenvolvimento de novos serviços e garantir uma boa relação no custo-beneficio nos projetos que desenvolvemos” “Vivemos tempos muito interessantes, com muitas e promissoras inovações tecnológicas, que dão meios para novos serviços públicos. Não é uma tarefa fácil, mas estamos a progredir em várias áreas, num grande processo colaborativo para promover uma cultura de inovação” Mensagem do Presidente da República lida por Luís Ferreira Lopes, Assessor para os Assuntos Empresariais e Inovação “A chamada transformação digital é a mais rápida e, provavelmente, a mais significativa de todas as revoluções na história do homem. Após a invenção do computador, trata-se concretamente da capacidade de ‘desmaterializar’ serviços e produtos hoje transacionados, com uso democrático” “Tenho a certeza de que os empresários, gestores, quadros e trabalhadores das empresas nacionais ou das internacionais que operam no mercado português terão capacidade de reação ou antecipação perante as profundas mudanças da Economia Digital” “Sei que saberão aproveitar as oportunidades do atual ciclo de crescimento económico porque, apesar das incertezas na geopolítica mundial, há motivos para renovada Esperança em Portugal”

9 SESSÃO “A eConomia Digital em Portugal - Casos de Transformação Digital” Sérgio do Monte Lee Partner | TMT Leader, Deloitte “Portugal está acima da média no digital e a crescer, num processo de transformação transversal à economia nacional. As empresas estão a antecipar a mudança e preparar-se. O que puxa o índice digital para baixo é o perfil de utilização do mercado” “O digital traz uma conectividade universal e tecnologia exponencial, que vão fazer uma revolução sem precedentes. A inovação e o conhecimento que vêm da conectividade serão extraordinários, tal como a quantidade de informação disponível”. “Se o país está na frente no processo de transformação, a corrida ainda vai ser longa, embora aconteça cada vez mais depressa, com um ritmo de adoção vertiginoso. Para as empresas, é um imperativo continuar a correr e muito depressa” António Casanova CEO, Unilever “Com o digital, fazemos melhor e mais barato. E comunicamos de forma diferente com o consumidor. Temos que ser tão rápidos quanto possível a adotar o que parecem ser as novas formas de comunicação que vão surgindo” “Seremos rápidos na adoção dos modelos digitais quando conseguirmos encontrar o modelo de negócio para o fazer. Onde se avançou mais foi na comunicação com o consumidor, embora este novo mundo traga mudanças e impactos ainda difíceis de entender para os anunciantes” “Temos que nos preparar para o mundo novo de comunicar diretamente com o cliente. E não estamos preparados para responder, porque todo este processo de mudança é muito assustador” João Torres Presidente Conselho de Administração, EDP Distribuição “Estamos completamente comprometidos com a transformação digital. Abraçámos este desafio na relação com os acionistas, autarquias e consumidores e nos dados. É com os contadores inteligentes que vai nascer o big data da energia. Temos que saber retirar valor daqui” “Temos também um projeto de gestão da mudança na empresa, com modernização de processos e com mobilidade das equipas. A aposta no digital está a ser feita de forma muito empenhada e acelerada, porque estamos a lidar com uma exigência crescente dos clientes” “Ter redes inteligentes é imperativo. Assim como saber atuar num mercado com muitos competidores no fornecimento de energia. Estamos num momento de transformação interna, até na competência das pessoas.”

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt