Views
1 year ago

24 - Digital Business Conference| E-Commerce

  • Text
  • Pagamentos
  • Sucesso
  • Oportunidade
  • Hoje
  • Grande
  • Digital
  • Portugal
  • Ecossistema
  • Mercado
  • Clientes
23 mai 2017 | CCB

Digital

Digital Business Conference Ernesto Caccavale Diretor de Desenvolvimento de Negócio, ALIBABA “A chave do nosso sucesso é ter uma plataforma de compras mundial, que põe em contacto compradores e vendedores. A missão foi tornar o processo de compra fácil e dar a possibilidade de fazer negócio em qualquer lado” “A China tem 40% do comércio mundial e os chineses querem comprar em todas as áreas. E compram cada vez mais através do mobile. Vender na nossa plataforma é uma grande oportunidade de negócio” “O que é preciso é ter empresas e produtos inteligentes e não grandes empresas” Paulo Solinho Barbosa Owner & CEO, FACESTORE “Para nos posicionarmos, temos que nos reinventar. Perceber que não se trata de tecnologia, mas sim de pessoas, de consumidores, que hoje escolhem o que querem, onde querem, através de várias plataformas e devices” “Capitalizar a tendência de utilização crescente das redes sociais foi o desafio da empresa, tentando converter likes em vendas.” “Criámos uma experiência de compra no Facebook, fazendo todo o processo sem o cliente abandonar a rede social. Fomos a 1ª empresa a fazer isto em todo o mundo, de uma forma pioneira e disruptiva”

7 A Alibaba surgiu da visão de Jack Ma, para responder ao comportamento dos consumidores chineses com uma nova abordagem, diz Ernesto Caccavale A FaceStore surgiu da percepção de que as marcas usavam as redes, mas 95% não conseguia vender nada aos seus seguidores, por não terem uma resposta adequada, explica Paulo Barbosa Portugal é o único país europeu onde a OLX, projeto originariamente da África do Sul, está presente. Focandose no bens de transação rápida e fácil, tem evoluído para outras categorias, diz Rita Marques A solução da Followprice está já em mais de 400 lojas em todo o mundo e a previsão é de um rápido crescimento. João Leitão garante que não vai ficar por aqui colocou em contacto compradores e vendedores através de um processo fácil e onde se pode fazer negócio em qualquer lado, com sistemas de pagamento simples. Hoje, a Alibaba tem cerca de 40% do comércio mundial, tendo criado um verdadeiro ecossistema em torno do projeto, que está agora cada vez mais mobile. Para o responsável da Alibaba, é uma “enorme oportunidade vender na plataforma”, incluindo para as empresas portuguesas. Mas é preciso estar preparado, com uma estratégia bem definida, capacidade e estratégia de marketing e de vendas, até porque continuam a dominar os compradores chineses, que “compram muito,

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt