Views
1 year ago

21 - Digital Business Breakfast | Mobility- As-A-Service

  • Text
  • Forma
  • Jorge
  • Nova
  • Transportes
  • Cidades
  • Mercado
  • Operadores
  • Maas
  • Digital
  • Mobilidade
4 abril 2017 Ritz Four Seasons

DIGITAL BUSINESS

DIGITAL BUSINESS BREAKFAST Jorge Sales Gomes CEO da Brisa Inovação e Tecnologia “A nova estratégia da empresa é assumir-se como um facilitador da experiência de mobilidade, com as melhores soluções de sistemas inteligentes de transportes” “É difícil pôr todos os operadores a trabalharem debaixo de uma só oferta. É complexo. A solução passará pela partilha de dados, agregando as várias etapas das atividades de mobilidade” “O mercado que se abre tem uma oportunidade muito grande, no que respeita ao desenvolvimento tecnológico que pode suportar as ofertas de mobilidade como um serviço” Sampo Hietanen Founder e CEO da MaaS Global Ltd “Todos os projetos têm que ser feitos com o apoio dos municípios e dos governos. Este mercado tem que ser puxado, através de elementos-chave como legislação e visão” “Os problemas nunca são da tecnologia, mas da forma como as cidades procuram e puxam por soluções integradas de mobilidade. Tem que se garantir que as regras do jogo existem” “As pessoas estão dispostas a pagar por soluções de mobilidade que lhes deem liberdade de ir para onde quiserem. Temos que abrir o ecossistema. As cidades têm que acordar já e não depois das coisas acontecerem”

5 Cerca de 170 participantes marcaram presença neste encontro onde o tema foi a mobilidade como serviço cionam em paralelo e de forma complementar, fornecendo ao cliente um serviço que constitui uma verdadeira alternativa à utilização do carro próprio. “As pessoas querem gastar o mesmo dinheiro, mas de uma forma melhor”, salienta. Hoje, são particularmente das gerações mais jovens que estão cada vez mais predispostas para estas novas ofertas assentes em plataformas que recorrem à tecnologia. O exemplo da Uber comprova-o, ao oferecer “uma forma simples e cómoda das pessoas viajarem, com um toque numa app no smartphone”, substituindo o carro próprio e contribuindo para o descongestionamento das cidades, como destaca Rui Bento, General Manager da Uber Portugal. Apesar de não estar em Portugal em nenhum ecossistema, Rui Bento defende que a Uber acaba por se assumir como uma parte do ecossistema de transportes, numa lógica multimodal. O gestor acredita no enorme potencial que existe nesta área: “as pessoas vão perceber cada vez mais que têm conveniência, mas também economia, ao utilizarem serviços de mobilidade, em vez do carro próprio”. Também Pedro Afonso, CEO da Axians Portugal, não tem dúvidas de que “as novas gerações estão disponíveis para consumir serviços baseados na tecnologia. E cita o exemplo da utilização crescente de modelos de partilha, num consumo que é já hoje “feito por serviços”, realidade que obriga as empresas a preparar novos modelos de negócio. JUNTAR OPERADORES É DIFICIL Mas será possível em Portugal ter solução como a finlandesa, de agregar todos os operadores? Jorge Sales Gomes garante que “há claramente

REVISTA COMUNICAÇÕES

UPDATE

© APDC. Todos os direitos reservados. Contactos - Tel: 213 129 670 | Email: geral@apdc.pt